Sistemas informatizados dão mais segurança ao monitoramento do coronavírus

Compartilhe:

Campo Grande (MS) – O monitoramento de casos de coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso do Sul, que antes era feito de forma manual pelos técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES), está em processo de transição para ser totalmente informatizado. A alteração dá mais segurança e transparência ao processo de acompanhamento da doença.

Em live nas redes sociais do Governo do Estado nesta sexta-feira (22/5), o coordenador de tecnologia da SES, Marcos Espíndola, explicou sobre a alteração. Segundo ele, são duas plataformas federais, onde os municípios inserem informações e a Secretaria de Estado de Saúde exporta os arquivos para montagem do boletim da Covid-19.

A mudança atende normativa do Ministério da Saúde, dá mais responsabilidade aos municípios, que devem inserir dados de pacientes suspeitos notificados, com confirmação ou não da doença, e proporciona mais transparência da gestão dos dados. “Possibilita tomada de decisões e estratégias de combate ao novo vírus”, explicou o coordenador de tecnologia.

O vídeo completo com informações sobre as plataformas de inserção de dados pode ser conferido no Facebook do Governo do Estado: facebook.com/GovernodeMatoGrossodoSul.

Live

Diante da pandemia do novo coronavírus e da frequente necessidade de utilizar a informação como ferramenta de saúde, o Governo do Estado adotou o formato de entrevistas coletivas online transmitidas pelas redes sociais para informar jornalistas e sociedade sobre a situação da doença no Estado, evitando assim a propagação de fake news.

Bruno Chaves, Subsecretaria de Comunicação

Foto: Reprodução


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *