plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

21 de julho de 2024 - 06:31

O Assunto é Cinema vai dos quadrinhos à literatura no programa de hoje

No Assunto é Cinema de hoje (06/07) Clayton Sales comenta a estreia de “Homem-Formiga e a Vespa”. A sequência do filme de 2015 é dirigida novamente por Peyton Reed e traz o retorno de Paul Rud como Scott Lang, o herói Homem-Formiga, desta vez acompanhado da Vespa, interpretada por Evangeline Lilly. O longa ainda conta com Michael Douglas como Hank Pym, Michelle Pfeifer como a Vespa original e Laurence Fishburne como Golias.

Vittorio De Sica foi um dos mais importantes diretores e atores do cinema italiano. Como ator estreou em 1932, no filme “Dois Corações Felizes”. Como diretor sua estréia foi em 1939, com o filme “Rosas Escarlates”. Em 42 anos de carreira recebeu três prêmios Oscar de melhor filme estrangeiro: em 1946 por “Vítimas da Tormenta”, em 1948 por “Ladrões de Bicicletas”, e em 1971 por “O Jardim dos Finzi-Contini”. É considerado o precursor do neorrealismo italiano e seu último filme foi “A Viagem”, com Richard Burton e Sophia Loren, e que estreou dias depois de sua morte, em Paris.

Jean Maurice Eugène Clément Cocteau foi um poeta, romancista, cineasta, designer, dramaturgo, actor, e encenador de teatro francês. As suas peças foram levadas aos palcos dos Grandes Teatros, nos Boulevards da época parisiense em que viveu e que ajudou a definir e criar. Cocteau realizou sete filmes e colaborou como roteirista em vários outros além de ter vasta obra como poeta, crítico e romancista. Apesar de ser um membro do surrealismo, não era bem visto por seus pares inclusive sendo hostilizado pela sua homossexualidade. Seu último filme foi “Le testament d’Orphée” lançado em 1959.

William Cuthbert Faulkner é considerado um dos maiores romancistas do século XX, tanto que recebeu o Nobel de Literatura de 1949. Utilizando a técnica do fluxo de consciência, consagrada por James Joyce, Virginia Woolf, Marcel Proust e Thomas Mann, Faulkner narrou a decadência do sul dos Estados Unidos, interiorizando-a em seus personagens, a maioria deles vivendo situações desesperadoras no condado imaginário de Yoknapatawpha. Por muitas vezes descrever múltiplos pontos de vista (não raro, simultaneamente) e impor bruscas mudanças de tempo narrativo, a obra faulkneriana é tida como extremamente complexa tendo sido adaptada ao cinema em inúmeras ocasiões.

Sintonize – Apresentado por Clayton Sales, o programa O Assunto é Cinema traz a trilha sonora da sétima arte para as ondas do rádio, e vai ao ar às terças e sextas-feiras, a partir das 10h30, na FM 104.7 Educativa, podendo ser acompanhado também pelo Portal da Educativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *