O Assunto é Cinema celebra a memória de grandes diretores

Compartilhe:

Programa também celebra o aniversário de 56 anos de “Fellini 8 e meio”

O Assunto é Cinema de terça (12/02) com Clayton Sales comemora a memória de grandes diretores: de Serguei Einsenstein, Franco Zeffirelli, Roger Vadim, Constantin Costa-Gavras e Darren Aronofsky. O programa na rádio também destaca o aniversário de estreia de 56 anos do clássico “Fellini 8 e meio”.

Serguei Mikhailovitch Eisenstein nasceu em Riga, na Rússia, em 22 de janeiro de 1898 e faleceu em 11 de fevereiro de 1948. Eisenstein foi foi um dos mais importantes cineastas soviéticos tendo sido responsável por grandes filmes mudos como “A Greve”, “O Encouraçado Potemkin” e “Outubro”, assim como os épicos históricos “Alexandre Nevski” e “Ivan, o Terrível”.

O diretor italiano, Franco Zeffirelli. (foto: divulgação)

Gianfranco Corsi Zeffirelli, mais conhecido como Franco Zeffirelli, nasceu em Roma no dia 12 de fevereiro de 1923. Zeffirelli adaptou grandes óperas e peças teatrais para o cinema sendo a mais famosa “Romeu e Julieta” em 1968.

Roger Vladimir Plemiannikov nasceu Roger Vadim em Paris no dia 26 de janeiro de 1928 e faleceu em 11 de fevereiro de 2000. Vadim é responsável por grandes (e polêmicos) clássicos como “E Deus Criou a Mulher” (1956),  Ao Cair da Noite (1958) e Barbarella (1968).

Konstantinos Gavras, mais conhecido como Costa-Gavras, nasceu na Arcádia na Grécia em 12 de fevereiro de 1933. Em 1969 Gavras ganhou um óscar de filme estrangeiro por “Z”, um de seus mais filmes mais críticos e polêmicos por denunciar a ditadura grega na década de 60. Nos anos 1980 o diretor começou a produzir nos Estados Unidos onde se destacaram “Um Homem, Uma Mulher, Uma Noite” (1979), “Amém” (2002), “O Capital” (2012) entre outros.

Marcelo Mastroianni em “Fellini Oito e Meio”. (foto: divulgação)

Darren Aronofsky nasceu em Nova Iorque, no dia 12 de fevereiro de 1969. se destacou logo cedo na carreira. Seu filme “Pi” de 1997 feito com baixo orçamento ganhou vários prêmios independentes tendo se destacado no Festival de Sundance. Seu grande sucesso viria com “Requiém para um Sonho” que comoveu a crítica e abriu as portas dos estúdios para o diretor que ainda emplacaria sucessos de crítica e público como “O Lutador” (2010) e “Cisne Negro” (2011).

Lançado em fevereiro de 1963, “Fellini Oito e meio” é um dos grandes clássicos do diretor italiano Federico Fellini. O longa protagonizado por Marcelo Mastroianni conta a história de um diretor de cinema italiano (Mastroianni) que passa a trabalhar tanto que não consegue mais distinguir a realidade da fantasia. O longa ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro de 1964.

Sintonize – Apresentado por Clayton Sales, o programa O Assunto é Cinema traz a trilha sonora da sétima arte para as ondas do rádio, e vai ao ar às terças e sextas-feiras, a partir das 10h até 11:30, na Educativa 104.7 FM, podendo ser acompanhado também pelo Portal da Educativa. Siga o programa nas redes sociais: facebook / instagram


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *