plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

12 de abril de 2024 - 14:53

Expandir ensino técnico profissionalizante é ofertar futuro melhor às pessoas, ressalta Reinaldo

Expandir o ensino técnico profissionalizante da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul é ofertar um futuro de oportunidades às pessoas. A afirmação é do governador Reinaldo Azambuja, que, junto da secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, participou na quarta-feira (31) à noite do lançamento de 1.050 vagas em cursos técnicos na área da saúde.

Foto-Edemir-Rodrigues-3
Inédito, ensino técnico na área da saúde será ofertado em cinco opções

Inéditos, os cursos técnicos em Análises Clínicas, Agente Comunitário de Saúde, Enfermagem, Gerência de Saúde e Auxiliar de Saúde Bucal serão oferecidos inicialmente em nove municípios (Camapuã, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, Três Lagoas). As atividades serão ofertadas gratuitamente para alunos que concluíram o ensino médio regular. As primeiras turmas já foram fechadas e, junto de parceiros, o Governo do Estado assegurou o estágio profissional supervisionado em postos de saúde e em unidades da Cassems.

“Esse trabalho em parceria com prefeituras e entidades é o caminho para nós fortalecermos o ensino técnico profissionalizante em diversas áreas, dentro da lógica de desenvolvimento, oferecendo qualificação, treinamento e conhecimento”, destacou Reinaldo. Segundo ele, os cursos na área da saúde atende demanda da sociedade. “Somando as 1.050 vagas, são mais de 12 mil Foto Edemir Rodrigues (6)oportunidades no ensino técnico profissionalizante de Mato Grosso do Sul”, completou.

Conforme a secretaria Maria Cecília, o ensino técnico na Rede Estadual de Ensino do Estado existe desde 2005 e a expansão da modalidade é uma das metas do Plano Estadual de Educação. “Com esses novos cinco cursos, o Estado oferece 33 opções de ensino técnico em nove eixos tecnológicos, em 51 municípios”, afirmou.

 

Bruno Chaves, da Subsecretaria de Comunicação | Fotos: Edemir Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *