plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

23 de maio de 2024 - 16:57

Desbloqueio do processo criativo é tema de oficina neste sábado

Desbloqueio do processo criativo. Esse é o tema da oficina realizada pelo artista visual Fábio Quill neste sábado, em Campo Grande. A proposta, segundo ele, é otimizar as capacidades criativas do pensamento lógico, “sair da caixa” com a troca de ideias e exercícios práticos e a aplicação de ferramentas e técnicas que buscam aperfeiçoar os mecanismos mentais que despertam a experiência criativa.

“Criatividade não é dom, tão pouco talento. Criatividade é a capacidade de encontrar respostas para problemas e pode ser

“Criatividade é a capacidade de encontrar respostas para problemas” (Foto: Divulgação)

usado em todos os campos. Todos somos capazes de exercer pensamentos e ações criativas”, explicou o artista.

O curso é voltado para pessoas interessadas em potencializar a criatividade, independente de sua área de atuação ou aplicação da matéria. A oficina será neste sábado, às 16h, na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, localizado na Av. Fernando Corrêa da Costa, 559. A entrada é gratuita.

Quem é o artista visual Fábio Quill?

Fábio Quill é artista visual e gráfico, muralista, escritor e quadrinista. Participou de diversas exposições, entre elas “Olhar Nascente – Centenário da Imigração Japonesa (São Paulo – SP), “Coletiva ‘Cuide de Você’ – MAM (Museu de Arte Moderna) – (Salvador – BA) e “X-Games (Rio de Janeiro – RJ). Participou de diversos painéis de rua como a homenagem a Imigração Japonesa na Avenida Paulista (São Paulo – SP) e o corredor da Avenida 23 de Maio (São Paulo – SP).

Tem no portfólio clientes como Adidas, Nestlé, MTV, TV Cultura, MCD Brasil entre outras. É autor das HQs ” A ausente ordem das coisas”; “A Casa Baís”; “Amálgama”, “Onírica”. “Tiro na Fuça” e “Janela da Alma”, tendo sido indicado duas vezes ao troféu HQ MIX.

Com informações da assessoria de comunicação da Fundação de Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *