plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

22 de julho de 2024 - 21:35

Eduardo Riedel se reúne com ministros do Planejamento e das Cidades

Encontro aconteceu em Brasília nessa quarta-feira (Foto: Guilherme Pimentel)

O governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, se reuniu na tarde desta quarta-feira (3), em Brasília (DF) com os ministros do Planejamento, Simone Tebet e das Cidades, Jader Barbalho, na busca de parcerias para implementar e executar  projetos que visam a área da habitação no Estado. 

De acordo com Riedel, em três semanas haveria uma definição mais clara por parte do governo federal com relação às demandas. “Nosso objetivo é atender quem mais precisa de habitação, não apenas nas cidades, como também nas aldeias indígenas do Estado”, pontuou.

Durante o encontro, o ministro Jader Filho explicou ao governador e à ministra Simone como estão o planejamento e andamento dos projetos de construção de unidades habitacionais por parte da União em todo o país.

“A (ministra) Simone nos acompanhou e nos deu diretriz importante em relação a esse planejamento. A bancada federal esteve toda presente, o que mostra a relevância e prioridade que temos nos projetos de habitação no Estado”, frisou Riedel, que esteve em Brasília acompanhado dos secretários Eduardo Rocha (Casa Civil), Hélio Peluffo (Infraestrutura e Logística) e da diretora-presidente da Agehab (Agência Estadual de Habitação), Maria do Carmo Avesani Lopes, além dos senadores Nelson Trad Filho, Soraya Thronicke, e dos deputados federais Geraldo Resende, Beto Pereira, Dagoberto Nogueira e Camila Jara.

Na oportunidade, o governador também elencou questões como a possível mudança na taxa de correção do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), em pauta no STF (Supremo Tribunal Federal), e que pode impactar nos programas de habitação – já que os recurso do FGTS são um dos principais financiadores de projetos no setor.

“No (ministério) do Planejamento tivemos uma excelente reunião sobre projetos de financiamento para os municípios, para o Estado, com linhas específicas para fronteira, e que vão ajudar Mato Grosso do Sul a crescer e se desenvolver, dando uma estrutura melhor para nossa gente”, finalizou Eduardo Riedel.

Com informações da assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *