plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

13 de junho de 2024 - 01:02

Recuperação da Bacia do Guariroba em destaque Na Cadeira do DJ

O programa Na Cadeira do DJ entrevistou Claudinei Menezes Pecois, presidente Associação de Recuperação, Conservação e Preservação da Bacia do Guariroba (ARCP Guariroba) na FM Educativa 104.7 nesta quarta-feira (15/03). Celito Espíndola conversou com Claudinei Pecois sobre a ação da ARCP Guariroba no dia da água, ato em que o grupo pretende plantar cinco mil mudas de árvores nativas do cerrado na região da Bacia do Guariroba.

Claudinei Menezes Pecois é presidente da Associação de Recuperação, Conservação e Preservação da Bacia do Guariroba (ARCP Guariroba). Ele é membro do conselho gestor da ARCP Guariroba desde 2008. O conselho é composto por entidades públicas e privadas, instituições de ensino e membros da sociedade em geral. 

Como representante, Claudinei Pecois participou da elaboração do Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental do Guariroba em 2008 e de sua revisão em 2021. Ele é morador da Bacia do Guariroba desde 1993 e, desde então, acompanha as questões envolvendo a proteção da região. 

Em comemoração ao Dia da Água, ARCP planta 5 mil mudas na Bacia do Guariroba 

A Associação de Recuperação, Conservação e Preservação da Bacia do Guariroba (ARCP Guariroba) promove, no próximo dia 21 de março, às 9 horas, o plantio de 5 mil mudas nativas do cerrado na Área de Proteção Ambiental (APA) do Guariroba. A ação será realizada em comemoração ao Dia Mundial da Água (dia 22 de março), em parceria com a Prefeitura de Campo Grande, WWF, Sindicato Rural de Campo Grande e os integrantes do Conselho Gestor da APA do Guariroba, que engloba quatro grupos de cada setor: órgão público, instituição de ensino, empresa privada e representante da área da Bacia do Guariroba.     

Atualmente, são 67 propriedades rurais na Bacia do Guariroba. O trabalho da ARCP é desenvolvido anualmente, com início no segundo semestre, seguindo a estação da chuva. “Nesse período de um ano é que a gente faz o planejamento, o trabalho e a execução de todo o recurso investido na bacia, vai de agosto a julho. De outubro a março, período chuvoso, fazemos o plantio das mudas. Então, agora estamos finalizando o plantio”, explica o presidente da ARCP, Claudinei Pecois. 

Com a ação no Guariroba, a ARCP encerra o período de plantio de mudas. “Fizemos investimento para recuperar 15 hectares de Área de Preservação Permanente (APP) nas margens dos córregos. Praticamente, 25 mil mudas de árvores foram plantadas, utilizando duas técnicas: plantio direto de mudas e plantio direto de sementes. Neste evento, queremos apresentar o trabalho realizado para os parceiros e para a sociedade”, ressalta Claudinei.  

De acordo com o presidente da ARCP, em cinco anos de trabalho (já excluídos dois anos de pandemia), foram recuperados 80 hectares e ainda faltam 660 hectares. “Nesse ritmo, vamos levar praticamente 40 anos para finalizar esse trabalho. Por isso, a importância da população de Campo Grande entender o que está sendo feito. Saber que é da APA do Guariroba que vem 50% da água que abastece a cidade, com água de muita qualidade. E quanto mais a mata ciliar estiver recuperada, menos assoreados ficarão os córregos. Queremos criar uma agenda para diminuir esse prazo e precisamos do engajamento da população”, avalia ele.

A ARCP Guariroba

A ARCP foi criada, em 1996, após a transformação de 36.200 hectares da região da Bacia do Guariroba em Área de Proteção Ambiental (APA) pela Prefeitura de Campo Grande. Os moradores da região se uniram e criaram a associação com o objetivo de acompanhar todo o trabalho que estava sendo feito na região tanto pela prefeitura como pelo Ministério Público Estadual (MPE/MS), além de cumprir as normas da nova legislação que regulamentava a APA.

A ARCP passou por três fases: na primeira, de 1996 até 2010, o foco da associação era o cumprimento da legislação e da criação do plano de manejo. Na segunda fase, a partir de 2010, a associação buscou novas oportunidades para a região da bacia, como a instituição do Programa Produtor de Água, criado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e que incentiva o produtor rural a investir em ações para preservar a água. Em Campo Grande, o programa foi chamado de Manancial Vivo.  Na terceira fase, a partir de 2016, a ARCP passou a ser gestora dos recursos para recuperação ambiental vindos de parceiros como a WWF e MPE/MS, além de acompanhar também a execução de todo o processo. 

*Com assessoria

Saiba mais acessando o site da insituição. Siga a ARCP Guariroba no facebook e instagram para saber mais sobre os projetos em desenvolvimento.

Confira o papo na íntegra no podcast do programa no Spotify da Rede Educativa MS:

Foto em destaque: Kelly Ventorim.

Sintonize – Apresentado por Celito Espíndola e com produção de Gilson Espíndola e Daniel Rockenbach, o programa Na Cadeira do DJ vai ao ar às segundas, terças e quartas-feiras, das 12h às 13h, na FM Educativa 104.7, podendo ser acompanhado também pelo Portal da Educativa ou entre os podcasts da Rede Educativa MS no Spotify. O programa Na Cadeira do DJ também está no Instagram e no facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *