plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

9 de fevereiro de 2023 - 02:06

Técnicos fazendários do Brasil Central se reúnem em Campo Grande

Campo Grande (MS) – Técnicos fazendários dos estado de Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Distrito Federal se reuniram na manhã desta quinta-feira (13) na Secretaria de Fazenda (Sefaz) de Mato Grosso do Sul. No encontro, foram discutidas estratégias para o desenvolvimento do Brasil Central, grupo do qual participam seis estados.

De acordo com o Secretário de Fazenda, Márcio Monteiro, o objetivo principal é unificar procedimento das secretarias fazendárias dos estados que compõem o grupo. “Essa reunião é a primeira dos técnicos do tesouro. Como possuimos perfis economicos parecidos, nós (os estados) estamos fazendo uma série de sugestões para unificar procedimentos, estabelecer efeciência, incrementar as receitas, ou seja, estabelecer uma série de medidas para fortalecer os estados do Brasil Central”, explicou Monteiro.

200Para o assessor de assuntos fazendários do Estado do Mato Grosso, Vinicius Simoni Silva, a reunião foi excelente. “O resultado desse primeiro encontro nos supreendeu bastante. Estamos incumbidos pelos nossos governadores de promover um alinhamento tributário, tanto de alíquotas, quanto de procedimentos, para atravessar a crise e atender nossos estados”, afirmou.

O assessor da Secretaria de Fazenda do Distrito Federal, Wilson de Paula, disse que os estados estão unidos em uma força-tarefa. “Dentro do projeto Brasil Central estamos trabalhando com a possibilidade da uniformização da alíquota do ICMS, ITDC, IPVA, taxas de serviços diversos, por exemplo. Enfim, trocamos esforços e informações em uma verdadeira força-tarefa para criar um alinhamento geral e consolidar receitas”, declarou.

Conforme o subsecretário de Fazenda do estado do Tocantins, Wagner Borges, o encontro faz parte de uma estratégia para melhorar o equilíbrio fiscal. “Iniciamos o trabalho nesta quinta e já estamos fazendo estudos para que secretarias e governos consigam recompor receitas para os estados. Uma das estratégias é justamente melhorar o equilibrio fiscal e aumentar as receitas para fazer frente as despesas que não conseguimos diminuir”, frisou.

Na avaliação do gerente de tributação do estado de Goiás, Cícero Rodrigues, o mais importante é a equalização de tributos. “Essa união na busca pelo equilibrio fiscal dos estados tem como objetivo principal a equalização tributária. Alinhamos pontos em comum e outros que precisamos melhorar. Temos muitos dados para levantar, mas é um esforço conjunto que será apresentado aos governadores já na próxima reunião para ser validado”, destacou.

O fórum Brasil Central é composto pelos governadores Reinaldo Azambuja (PSDB-MS), Pedro Taques (PDT-MT), Marcelo Miranda (PMDB-TO), Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Marconi Perillo (PSDB-GO) e Confúcio Moura (PMDB-RO). Entre os assuntos tratados como prioritários estão os eixos de logística, agropecuária, industrialização, educação, empreendedorismo e inovação tecnológica.

(Diana Gaúna/Segov)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *