plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Cores e formas: Semana do Artesão leva arte de MS ao Shopping Campo Grande

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza a 14ª edição da Semana do Artesão, de 18 a 26 de março de 2022, no Shopping Campo Grande. A programação inclui feira de artesanato, oficinas e palestras, tudo gratuito. A Semana do Artesão é realizada anualmente pela Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da Fundação de Cultura do Estado com o apoio das entidades representativas dos artesãos de Mato Grosso do Sul, Sebrae/MS e Sectur. É o principal evento de celebração do dia do artesão (19 de março) no Estado. Consiste em um momento de articulação e fortalecimento dos laços entre os profissionais do artesanato, seja individualmente ou por meio de suas entidades representativas. Através da Semana do Artesão, o poder público rende homenagens a esses profissionais às suas obras: o artesanato diverso e criativo que é uma das expressões da cultura sul-mato-grossense.

“A Semana do Artesão de 2022 é um evento muito esperado após dois anos de pandemia, sendo que em 2020 tivemos que cancelar o evento e 2021 tivemos a experiência de fazermos de forma virtual. Esse ano temos boas expectativas, vamos voltar de forma presencial com uma extensa programação: oficinas de artesanato, rodadas de negócios e uma grande feira de artesanato no shopping Campo Grande que sempre foi o desejo da classe do artesanato de MS. Contamos com um grande número de comercialização e negócios para o artesãos de MS, assim voltando o crescimento da geração de renda dos artesãos do Estado”, afirma a gerente de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da FCMS, Katienka Klain.

Para o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Gustavo Cegonha, os últimos dois anos impuseram vários desafios a todos os setores do mercado, principalmente à Cultura. “Quanto ao artesanato, com ações de venda, capacitação e comercialização de peças artesanais, a FCMS se reinventou para enfrentar o isolamento social e continuar ofertando apoio aos artesãos sul-mato-grossenses, em 2021 com a Semana do Artesão totalmente online e agora voltando à forma presencial, garantindo mais participação dos artesãos e comunidade”.

Na edição deste ano serão homenageadas as artesãs Indiana Marques, Araquém Leão (In Memorian) e Edson Alves da Cruz. As Entidades Classistas do Artesanato de MS escolheram estas artesãs pela importância e a trajetória delas no artesanato do Estado.

Indiana Marques nasceu em Ponta Porã na fazenda de erva-mate de seu pai, vindo residir em Campo Grande ainda jovem. Trabalha com artesanato há muitos anos, encontrando sua vocação na cerâmica, na verdade um reencontro das brincadeiras de infância com o barro da beira do rio. Por seu trabalho com a “bugras” conquistou um mercado crescente em vários Estados brasileiros e outros países como Itália e Portugal.

Nascido em Campo Grande e falecido no ano passado, fala grossa, sereno, criativo, assim era seu Araquém Leão, um querido. Vivia do oficio que tanto amava, o artesanato. Fazia facas, criava espetos de churrasco e chairas com materiais que antes não tinha utilidade: ossos bovinos e de avestruzes. “É um trabalho que faço me divertindo, é interessante que encaro como um trabalho, uma profissão, para mim é uma grande terapia fazer esse tipo de artesanato, é um grande prazer, um sonho”, afirmou no livro Vozes do Artesanato.

Edson Alves da Cruz nasceu na fazenda Cordilheira, em Corumbá MS. Pai de dez filhos, começou sua carreira profissional trabalhando na lida do campo, fazendo frete, curral, cercas, tirando lenha e em comitivas de gados pelo Pantanal afora. Em suas horas de folga, Edson confeccionava gamelas para quando viesse para a cidade pudesse vendê-las, conseguindo fazer uma renda extra. Numa dessas gamelas, resolveu, sem nenhuma pretensão, esculpir um animal do Pantanal, no caso um Tuiuiú. Fez tanto sucesso que fez outras, mas ainda não vivia de sua arte. Quando viu a possibilidade de mudar para a cidade, montou sua marcenaria, onde fazia móveis entalhados, molduras e outros móveis também. Sua convivência com os bichos o fez ser conhecedor da anatomia dos bichos, de seus movimentos. Não é uma questão só de confecção das peças, mas sim dar-lhes características bem parecidas com os originais.

Dentro da programação da Semana do Artesão será realizada a 2ª Sessão de Negócios do Artesanato de Mato Grosso do Sul, no dia 24 de março, das 9 às 12 horas, no Sebrae (Avenida Mato Grosso, 1661, Centro). A participação dos interessados é gratuita e as vagas são limitadas. Inscrições podem ser feitas até o dia 9 de março por meio do link: https://forms.office.com/r/WdV82Jcd2V

Outras informações: (67) 9 9247-7441 Joleine Torres Schmidt – PAECO EVENTOS ou Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais: (67) 3316.9107.

Confira AQUI a programação da Semana do Artesão e faça sua inscrição para as palestras e oficinas que deseja participar.

Reportagem: Karina Lima, FCMS

Fotos: Acervo / FCMS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.