plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de junho de 2024 - 00:27

Segurança: Centro Integrado de Comando e Controle deve usar torre da RTVE

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) estuda a hipótese de utilização de área do Governo ao lado da Rádio e TV Educativa (RTVE) para instalar o Centro Integrado de Comando e Controle. O suporte ao sistema de telecomunicação será dado pela Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e Televisão Educativa de Mato Grosso do Sul (Fertel), que cederá sua torre de 116 metros para instalação de equipamentos.

IMG-20150825-WA0015
Arquiteto Fábio Alex Corrêa, coronel Luiz Altino do Nascimento e Bosco Martins (foto: Andrella Okata)

A área, sob a gestão da Secretaria de Administração (SAD), foi campo de futebol da antiga Associação de Servidores, A escolha leva em conta a localização estratégica, situada próxima ao Comando da PM, Delegacia Geral de Polícia, Bope, Acadepol e praticamente no pé da torre da RTVE.

A torre comporta as antenas de recepção e retransmissão de sinais via satélite e ondas eletromagnéticas da RTVE e recentemente foi equipada pelo Sistema Nacional de Comunicações Críticas (SISNACC). Por acordo de cooperação mútua o Exército está adotando a torre como suporte ao projeto piloto do SISNAC, que opera com banda larga 4G.

O coronel Luiz Altino do Nascimento, diretor do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e o arquiteto Fábio Alex Corrêa, da Coordenadoria de Engenharia e Projetos da Sejusp, trataram do assunto com o diretor-presidente da RTVE, jornalista Bosco Martins.

O primeiro passo seria a “afetação” da área no âmbito da SAD. Segundo Bosco Martins, do ponto de vista da logística, uso da torre para instalação de equipamentos de radiocomunicação e recepção de sinais de satélite “é perfeitamente possível. A estrutura é sólida e está à disposição, principalmente em se tratando de um projeto voltado à segurança pública”.

O Centro Integrado de Comando e Controle vai centralizar todas as operações de comunicação, gerenciamento de crises e atuação dos órgãos de segurança pública, incluindo os bombeiros e está sendo projetado com base na experiência obtida no esquema montado para a Copa no Rio de Janeiro. É uma obra de R$ 22 milhões e será custeada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça.

Um banco de dados (Data Center) vai interligar todos os sistemas no Brasil todo, compartilhando informações e serviço de inteligência com outras forças, estaduais e federais”.

(Foto: Rogério Medeiros)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *