plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de junho de 2024 - 00:20

RTVE: Rose Modesto anuncia rede de assistência social em Mato Grosso do Sul

A vice-governadora e secretária dos Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Rose Modesto, disse, em entrevista ao Jornal do Rádio, da 104 FM, e Jornal da TVE, que no planejamento estratégico que alinha as ações e investimentos até 2018, o governo projeta uma rede de assistência social interinstitucional, envolvendo poder público, terceiro setor (Ongs), entidades filantrópicas, voluntários e iniciativa privada para ações de assistência e defesa social, como a prevenção às drogas. “Acredito muito na prevenção, é mais eficaz e custa menos”, ressaltou Rose Modesto. Segundo ela, o governo praticamente triplicou o repasse da assistência social, ampliando de 13 para 32 o número de entidades subvencionadas pelo Estado.

Segundo a vice-governadora, o programa Rede Solidária não prevê apenas uma ação simplista, somente com o repasse do recurso. O programa prevê a qualificação, tanto de assistência quanto de gestão e planejamento, para que os recursos destinados aos projetos assistenciais sejam bem aplicados e as obras não sofram solução de continuidade.

Rose Modesto afirmou que o governo Reinaldo Azambuja está avançando e “o que é mais importante, sem perder de vista os projetos discutidos no processo eleitoral” e a prioridade era a Caravana da Saúde. “Os desafios são imensos, mas vamos superando. Na área de segurança pública o governador já assegurou a incorporação de mil novos policiais”, destacou.

Caravana da Saúde respeita dinheiro público

O atendimento da população em massa para reduzir a fila por um diagnóstico ou cirurgia no sistema público de saúde é um exemplo da capacidade do governo em gerir o recurso arrecadado com impostos, segundo a vice-governadora.

“Nenhum atendimento público é de graça. É uma obrigação do governo de devolver por meio de ações o dinheiro arrecadado com impostos, não como um favor, um presente, mas dever do Estado”, afirmou Rose Modesto.

Rose Modesto disse que nesses 250 dias de governo Reinaldo Azambuja dois setores já apresentam resultados das primeiras ações, como a segurança pública e a saúde. Lembrou que na primeira ação da Caravana da Saúde, em Coxim, constatou que um procedimento médico de média ou alta complexidade era algo impossível de ser alcançado, segundo depoimento de um jovem que esperava há anos reunir condições para tratamento ortopédico em Campo Grande.

Para a vice governadora, a repercussão do atendimento em Coxim e em Ponta Porã é enorme pelo nível de incredulidade da população e relação ao governo e eficiência do sistema público de saúde. “Muitas pessoas não acreditavam que conseguiriam fazer uma cirurgia, até para encaminhamento era preciso uma indicação”, lamentou Rose.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *