plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Radiopatrulhas da PM farão rondas em 37 áreas da região metropolitana de Campo Grande

Coronel-PM André Henrique de Deus Macedo

O policiamento ostensivo do plano OCOP (Obtenção de Capacidade Operacional Plena) vai cobrir uma área de 37 setores em toda região metropolitana de Campo Grande, formada pela Capital e cidades de Bandeirantes, Corguinho, Jaraguari, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos. A região tem mais de 1,050 milhão de habitantes, devendo ser empregados diariamente 90 policiais.

A informação é do comandante do Policiamento Metropolitano, coronel da PM André Henrique de Deus Macedo, em entrevista ao programa MS no Rádio da Educativa FM 104.7. Segundo ele, ao todo, são 500 policiais que estarão se revezando no policiamento e no monitoramento da segurança.

O policiamento ostensivo é preventivo e deve se refletir nas estatísticas de violência. Para definir os setores que terão a presença de pelo menos uma radiopatrulha 24h, a Polícia Militar fez um estudo sobre os níveis de violência e grau de vulnerabilidade da população.

“Vamos diminuir o tempo resposta no atendimento de ocorrência”, garante o comandante do Policiamento Metropolitano, observando que a partir desse plano a PM deve também estabelecer uma relação mais próxima com a comunidade.

OUÇA A ENTREVISTA DO COMANDANTE DO POLICIAMENTO METROPOLITANO

 

 

  • Um centro de monitoramento vai dar suporte nos casos em que o policiamento enfrentar uma situação adversa, com reforço operacional por meio de força tática, especializada ou operações especiais. O objetivo do plano é derrubar os níveis de violência, fazendo a prevenção de crimes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *