plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

27 de maio de 2024 - 15:49

Procon divulga nova pesquisa de produtos típicos para as festas julinas

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), divulga nesta sexta-feira (30) nova pesquisa de preços de produtos típicos comercializados na Capital para as festas de julho.

A pesquisa de preços foi realizada nos dias 26 e 27 de junho de 2017 em 10 estabelecimentos comerciais. Esta segunda cotação abrange 125 itens, com a inclusão de mais marcas de produtos. O levantamento completo pode ser acessado no site do Procon/MS, , no item Pesquisas de Preços ou conferida neste link.

A lista inclui itens típicos como amendoim, canela, canjica, gengibre, milho para pipoca, paçoca, pé de moleque, carne de sol, polvilho azedo e doce, além de enlatados e condimentos. O levantamento conta com análise de estabelecimentos com maior quantidade de itens de menor e maior preço.

A dica do superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, é sempre pesquisar. “Como as festas dessa época do ano acabam se estendendo durante o mês de julho, e até agosto, o Procon optou por realizar a segunda pesquisa”. Salomão reforça a importância de verificar a data de validade dos produtos em promoção e as condições das embalagens e de armazenamento.

A primeira cotação realizada foi no período de 30 de maio a 8 de junho. O Procon reforça seu compromisso de zelar para que o consumidor tenha acesso a dados que contribuam efetivamente para a economia do consumidor.

O Procon Estadual atende ao público na rua 13 de Junho, 930, no Centro de Campo Grande, das 7h às 19h. O telefone de contato é o (67) 3316-9800. O Procon conta ainda com o número 151, por meio do qual os consumidores podem esclarecer dúvidas que envolvam relações de consumo e fazer denúncias de produtos impróprios e vencidos, entre outras irregularidades.

Keyla Tormena – Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS)

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *