plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

20 de maio de 2024 - 23:33

Procon alerta consumidores para pesquisar preços e qualidade dos produtos da ceia natalina

Marcelo Salomão, Superintendente Procon MS

Uma pesquisa realizada pelo Procon sobre produtos da ceia natalina revelou que alguns alimentos apresentaram uma variação de preços de até 276, 82%. O levantamento ocorreu no período de 28 de novembro à 11 de dezembro e envolveu 216 produtos, comercializados em nove estabelecimentos de Campo Grande.

Alimentos como ameixa em calda, panettone, lentilha e bacalhau do Porto apresentaram oscilações de preço superior a 100%. Para orientar os consumidores sobre este e outros problemas comuns nesta época do ano o Superintendente do Procon de Mato Grosso do Sul, Marcelo Salomão, foi o entrevistado do programa Bom Dia Campo Grande, da 104.7 FM Educativa.

“O consumidor deve prestar atenção não apenas no preço do produto, mas também nas características dele, tais como : se foi embalado de forma correta, se foi armazenado na temperatura adequada, se está dentro do prazo de validade. Quanto ao valor da mercadoria recomendo pesquisar e observar se o preço que está na gôndola do mercado é o mesmo registrado na hora de pagar”, avisou Salomão.

Em relação às compras on line, o Superintendente do Procon esclareceu uma questão que dá margem à dúvidas ao consumidor: “Nas compras on line o comprador tem direito de arrependimento mesmo se o produto não tiver defeito (ao contrário das compras presenciais onde a troca só é efetuada se a mercadoria apresentar problemas). Também os produtos promocionais com algum defeito podem ser trocados, mesmo se o vendedor afirmar que não”, garantiu.

Segundo Salomão o Procon efetuou quatro operações de fiscalização no aeroporto de Campo Grande, e seis na rodoviária no decorrer deste ano.

“As companhias aéreas não respeitam as leis nem os direitos do consumidor. Autuamos, as empresas pagam as multas mas não melhoram as relações de consumo, continuam cometendo abusos, por isso é importante denunciar”, alertou.

O órgão de defesa do consumidor já fez um acordo de cooperação com o Sindicato das Escolas Particulares da Capital para analisar a lista de material escolar estabelecida pelas instituições de ensino.

“Produtos de limpeza e material de escritório (como papel higiênico e grampeador) é proibido de ser colocado na lista. Outro ítem a ser verificado é a quantidade exigida dos materiais, que pode ser exagerada”, sinalizou.

Serviço – Para fazer denúncias sobre abusos e infrações nas relações de consumo existem três canais disponíveis no Procon : os telefones 151 e 33169800, ir pessoalmente ao órgão, que fica na rua 13 de junho, 930, centro (o horário de funcionamento é das 7h às 19h), ou acessar o link Fale Conosco no site www.procon.ms.gov.br. Na página do Procon existe inclusive um ranking das empresas com maior número de reclamações, de acordo com o superintendente da instituição.

Bom Dia Campo Grande – programa da 104.7 FM, transmitido de segunda à sexta-feira, das 7h às 8h, na rádio e no portal da educativa. Apresentação: Anderson Barão e Maristela Cantadori. Produção: Rose Rodrigues e Lívia Machado. O ouvinte pode interagir pelo whatsapp 99333 1047, ou pelo e-mail bomdiacampogrande2018@gmail.com

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *