plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

1 de fevereiro de 2023 - 14:57

Operadores do trade turístico europeu visitam Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul recebe entre os dias 18 e 24 de setembro, nove agentes e operadores europeus que participarão do 1ª Famtour Internacional Emas-Pantanal. A ação é promovida pelo Fórum Regional de Turismo da Rota Norte, região turística de Mato Grosso do Sul, em parceria com a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS), prefeituras de Alcinópolis, Costa rica, Coxim, Rio Verde de Mato Grosso e empresários do setor. O responsável técnico do projeto é o gerente municipal de turismo de Coxim, Ariel Albrecht.

O Famtour é uma viagem de familiarização com agências de turismo para promoção de destinos turísticos no mercado. A iniciativa vai subsidiar agências e operadoras de turismo da Europa, no intuito de promover a comercialização no exterior do roteiro turístico Emas-Pantanal.

De acordo com o Gerente de Meio Ambiente e Turismo de Alcinópolis, e também presidente do Fórum Regional de Turismo da Rota Norte, Edilson Cotonett, entre os atrativos do programa a serem visitados estão a Área de Preservação Ambiental Sete Quedas do Rio Verde, a Área de Preservação Ambiental Rio Cênico Rotas Monçoeiras, o Pantanal de Paiaguás, o Parque Natural Municipal Templo dos Pilares, o Monumento Natural Serra do Bom Jardim, o Parque Estadual das Nascentes do Taquari, o Parque Natural Municipal do Salto do Sucuriú e o Parque Nacional das Emas.

“O turismo só cresce se for de forma regional é preciso consolidar roteiros entre os municípios. A Rota Norte tem potencialidade natural, por isso, é importante trabalhar em conjunto com os municípios e trade para que possamos alavancar e consolidar nosso turismo através da gestão integrada, compartilhada e participativa, buscando resultados positivos também na geração de emprego e renda”, destaca Cotonett.

Roteiro

O foco central da ação é alavancar a imagem mercadológica dos Pantanais da Rota Norte de Mato Grosso do Sul, do Parque Nacional das Emas, da Rota Arqueológica de Alcinópolis, da APA Sete Quedas do Rio Verde, do Parque Estadual das Nascentes do Taquari e do Parque Municipal Salto do Sucuriú no mercado turístico europeu, incentivando os negócios em torno do atrativo de corredores turísticos envolvendo os biomas do Cerrado e do Pantanal.

A Rota Norte compartilha uma mostra das belezas naturais, da história, da cultura e do potencial turístico da região. Terra de rochas de 400 milhões de anos formam esculturas que encantam pela beleza. Destacam-se também as cachoeiras intactas e preservadas, riachos, córregos e ribeirões, piscinas naturais, cupins luminosos, sítios arqueológicos, grutas com inscrições rupestres, serras, morros e cânions, que compõem o cenário ideal para a prática do ecoturismo, o turismo rural, de aventura e safáris ecológicos. Ainda faz parte do roteiro a história e cultura com as expedições colonizadoras da Rota das Monções, que em meados de 1700 subiram os rios em busca do ouro das minas de Cuiabá.

Com cerca de 10 mil quilômetros de área dentro do Pantanal, a Rota Norte também se destaca como importante porta de entrada para o Pantanal, a maior área inundável de água doce do mundo e o maior santuário ecológico do planeta em número de espécies de aves e peixes.

O Parque Nacional das Emas é a maior área preservada do Cerrado em todo planeta, com riquíssima variedade de flores, plantas, animais e centenas de espécies de pássaros, além de paisagens em área de Cerrado, Mata Ciliar, Campo Úmido, Campo Sujo, Campo Limpo e Veredas. São 131.868 hectares de áreas preservadas com rica vegetação, corredeiras de águas cristalinas e animais. Uma grande quantidade de cupinzeiros –morada de cupins- feitas de barro, que se eleva do solo a alturas que chegam a ultrapassar um metro. Em certas épocas do ano irradiam uma luz fosforescente de tom azul-esverdeado, produzido pelas larvas dos cupins, dá à noite um colorido harmonioso chamado bioluminescência.

Raquel dos Passos, da Assessoria de Comunicação da Fundtur-MS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *