Mercado fitness conta com quase 2 mil empresas em MS

Compartilhe:

Roupas que se adaptam com perfeição ao corpo, reduzem suor, facilitam movimentos, tênis inteligentes, relógios de última geração e com aplicativos de bem estar e saúde,  jóias esportivas e alimentos funcionais. A busca por oferecer produtos e serviços com qualidade cada vez maior tem um bom motivo. O Brasil segue em primeiro lugar no mercado fitness da América Latina, movimentando mais de R$ 11 bilhões por ano. O país também ocupa o quarto lugar no ranking mundial de número de pessoas que frequentam academias, com mais de 10.334.000 clientes.

Ainda que 2020 tenha sido um ano fora do normal para todo o mundo, há muito espaço para que mais negócios possam crescer, e ainda muitos clientes para conquistar em 2021. Em Mato Grosso do Sul, por exemplo, o mercado fitness engloba 1.906 empresas que vão de academias a lojas de vestuário, alimentação natural e serviços ligados a este universo. Em Campo Grande, são 759 estabelecimentos.

Um das lojas do setor vai  contar em brevecom provadores inteligentes, que permitem que as peças escolhidas pelo cliente sejam identificadas e, por meio de uma tela, disponibiliza informações sobre os produtos. Com isso, o consumidor pode solicitar outro tamanho ou até mesmo receber recomendações de artigos similares sem sair da cabine. Há também o caixa móvel. Os consultores da loja podem finalizar a compra dos clientes em qualquer lugar da loja, não sendo necessário pegar filas. Os totens com tablets também permitem acesso a uma infinidade de itens, que podem ser solicitados para entrega em casa ou retirada em loja. .

A experiência de provar tênis também vai ganhar novidades –  uma esteira conectada a telas que simulam circuitos de corrida do mundo todo, permitindo ao cliente encontrar o modelo ideal. As novas lojas  atuarão como um hub de entretenimento, recebendo uma série de eventos em conjunto com marcas parceiras, além de realizar transmissão de jogos ao vivo, valorizando o relacionamento com todos os clientes e, principalmente, com a comunidade local.


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *