plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

21 de junho de 2024 - 20:05

Março termina com chuva 74% acima da média em MS

Inspiração até para o icônico compositor Tom Jobim, as águas de março são conhecidas por encerrar o verão e, em Mato Grosso do Sul, o acumulado registrado neste mês em 2023 ficou acima da média história em 73% do Estado, conforme os dados do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima).

De acordo com o boletim mensal, que conta com análise específica em 35 pontos do território sul-mato-grossense, em 26 desses locais as chuvas ficaram acima da média, enquanto em nove destes as chuvas ficaram abaixo do esperado no período.

O município em que houve maior registro de chuvas em março foi São Gabriel do Oeste, com 444,4 mm, número 202% acima da média histórica – ou seja, o triplo do esperado. Em Campo Grande, a precipitação acumulada foi de 229 mm, 51% acima da média.

Por outrao lado, o município de Paranaíba teve 68,8 mm de chuvas durante março, o que representa um número 61% abaixo da média histórica para a cidade, que se destacou como a que teve a maior queda percentual e também menor volume no Mato Grosso do Sul.

Já a maior temperatura registrada em março foram os 36,9°C em Três Lagoas, na quarta-feira (29) passada. A menor temperatura aferida pelos termômetros no mês foram os 17,7°C, ocorridos em Campo Grande no dia 11 e em Amambai no dia 27.

Quanto a umidade relativa do ar, o índice mais extremo foi o de 27%, também em Amambai no dia 27, além do dia 6 no mesmo município. A rajada de vento mais forte foi aferida no dia 2, em São Gabriel do Oeste. Lá, a velocidade do vento chegou aos 83,1 km/h.

O boletim completo pode ser conferido neste link.

Nyelder Rodrigues, Comunicação Governo de MS
Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *