plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

1 de fevereiro de 2023 - 06:26

Liberdade reforça pilar da democracia, diz Bosco Martins no Fórum Mundial da Mídia Eletrônica

O diretor-presidente da Rádio e TV Educativa (RTVE), jornalista Bosco Martins, defendeu no Fórum Mundial da Mídia Eletrônica, que está sendo realizado em Bonito, a livre iniciativa e a liberdade de expressão como “conquistas inalienáveies” da sociedade.

“Não se pode cercear o direito à informação e nem as formas de pensamento e expressão, pois são garantias constitucionais e pilares da democracia”, disse o jornalista na abertura do evento. Bosco reforçou a defesa das liberdades nessa terça-feira, em palestra para mais de 100 estudantes da rede municipal de bonito e dezenas de jornalistas que participam do Fórum Mundial da Mídia Eletrônica.

1
Bosco Martins, diretor-presidente da RTVE

Na ausência do prefeito da cidade, Leonel Lemos de Souza Brito (Leleco), como cidadão bonitense, o diretor-presidente da RTVE falou como representante de Bonito para um seleto público de jornalistas e especialistas, ao lado do ministro da ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, e o secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação de Mato Grosso do Sul, Athayde Nery, no salão de convenções do Eco Resort Zagaia.

Promovido pela Mídia Brasil Associados (Associação de Jornalistas da Mídia Eletrônica do Brasil), o fórum teve palestras também dos deputados federais Hildo Rocha (PMDB-MA), e Julio Lopes (PP-RJ), jornalistas Antônio Coca e Fábio Dorta (Dourados) além da presença do deputado Carlos Marun (PMDB-MS), prefeito de Jardim, Ernei Barbosa e empresário Eduardo Naegele, do site Midiamax News (Campo Grande). O fórum foi aberto pelo presidente e a vice-presidente da Mídia Brasil Associados, Edinho Neves e Ursula Schoeffer Montes.. Os convidados foram recepcionados pelo diretor do Grupo Zagaia, Guilherme Poli.

Geração das Nuvens

2
Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera

Em clima leve e descontraído, o Fórum foi aberto com fala do secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inova, Athayde Nery, que destacou o avanço tecnológico na comunicação com a inovação e ilustrou sua fala com poema de Manoel de Barros.

O ministro Celso Pansera mencionou as prioridades da política do governo nas áreas de ciência e tecnologia e disse estar disposto a ampliar o diálogo com a comunidade científica, defendeu mais incentivos para a melhoria da produção industrial e intelectual, lembrando que a inovação é um fator importante para assegurar os avanços no setor.

O deputado Julio Lopes disse que a internet não está de todo consolidada no Brasil em razão da dimensão continental do Brasil e Hildo Rocha abordou os riscos inerentes a toda atividade. O bloco de conferências teve ainda palestra do advogado Leopoldo Fernandes da Silva Lopes, especialista em “computação nas nuvens”, que abordou os crimes cibernéticos, como a pedofilia, e os riscos à invasão da privacidade.

7
Bosco Martins e o empresário de Comunicação Carlos Naegele

Antônio Coca chamou a atenção para as facilidades que os meios de comunicação conquistaram com a tecnologia, mencionando por exemplo que até pouco tempo não se podia fazer com o computador o que antigamente era feito, como ler jornais no banheiro, ou na atualidade, acessar a informação no mesmo banheiro por meio dos dispositivos móveis usando a rede sem fio (Wi-Fi).

Bosco Martins dedicou a maior parte da palestra na abordagem da revolução provocada pela internet, que criou uma legião de nativos digitais (adolescentes e jovens), contingente permanentemente plugada ou “linkada” nas nuvens, onde se armazena da menor fração da informação “byte” ao maior volume de dados (mega e terabyte), que podem ser representados pela eletricidade, vibras ópticas e redes wireless, nesse caso o revolucionário condutor e difusor da informação.

“Nunca se viu conquista tão avançada. A conexão com a Internet permite o acesso livre, amplo e irrestrito. Hoje somos o quarto país no mundo com a maior população de nativos digitais. Vinte milhões de adolescentes e jovens estão 24h conectados.

P1280770 (2)(1)
Jornalistas Fábio Dorta e Antonio Coca

Para o diretor-presidente a RTVE, a velocidade com que a comunicação se transforma acaba impondo às mídias, como a televisão, por exemplo, desafios enormes, seja no “upgrade” (atualização tecnológica, seja na produção e oferta de conteúdos em extensões e formatos adaptáveis aos modernos dispositivos de acesso. “Hoje já é ponto pacífico a convergência dos conteúdos do rádio, TV, internet, aplicativos, portais, games, sites, mídias sociais e start-ups. Os negócios estão todos associados e são interdependentes no mundo da tecnologia para broadcast e new media.

Para o diretor-presidente da RTVE, o desafio hoje no campo das emissoras públicas é a produção de conteúdo e o marco regulatório, pois há aspectos que estão esbarrando em pontos de vista legal, que acabam sugerindo, “equivocadamente”, o cerceamento à liberdade de imprensa, de expressão, do livre pensamento, livre iniciativa e acesso à informação.

8

Autoridades e palestrantes convidados do 1º Fórum de Jornalistas da Mídia Eletrônica

“Do ponto de vista tecnológico, a informação ou o conteúdo de serviço e entretenimento deve ser produzido em formatos display, que é a principal forma de consumo multimídia”, finalizou o jornalista Bosco Martins.

(Texto: Edmir Conceição – Fotos: Rogério Medeiros-RTVE)

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *