plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

14 de junho de 2024 - 02:45

Idosos estão mais vulneráveis à violência durante a pandemia, diz especialista em Direito  

O Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa é celebrado anualmente em 15 de junho. A data, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à,Pessoa Idosa, tem como objetivo sensibilizar a sociedade sobre os direitos dessa parcela da população que, no Brasil, corresponde a 30,3 milhões de pessoas. Para o professor de Direito da Uniderp, Rene Mohr, os idosos têm sofrido mais episódios de maus-tratos desde o início da pandemia de Covid-19. O professor de direito da Uniderp relata em entrevista ao programa MS no Rádio da Educativa FM 104.7 quais os tipos mais comuns de violência contra o idoso.

As denúncias de violência contra pessoas idosas representavam, em 2019, 30% do total de denúncias de violações de direitos humanos recebidas pelo canal telefônico Disque 100, disponibilizado pelo governo federal, o que somava em torno de 48,5 mil registros. Em 2018, o serviço recebeu 37,4 mil denúncias de crimes contra idosos. No fim do ano passado, com o isolamento social imposto pela pandemia de covid-19, o número observado em 2019 aumentou 53%, passando para 77,18 mil denúncias. No primeiro semestre de 2021, o Disque 100 já registra mais de 33,6 mil casos de violações de direitos humanos contra o idoso, no Brasil.

Ouça reportagem de Daniela Nahas 

 

 

  • O Estatuto do Idoso descreve a violência contra o idoso como qualquer ação ou omissão, praticada em local público ou privado, que lhe cause morte, dano ou sofrimento físico ou psicológico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *