plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de junho de 2024 - 00:40

Governo lança editais de R$ 7 milhões para projetos tecnológicos inovadores e premiação jornalística

Por orientação do governador Reinaldo Azambuja, parceria entre Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect) e Rádio e TV Educativa (RTVE), assegurou o lançamento do II Prêmio Fundect de Jornalismo Científico e I Prêmio Fundect de Fotografia Científica, com a distribuição de R$ 30 mil entre os vencedores nas seis categorias de premiação (fotografia, internet, impresso, TV, rádio e estudante). Vão concorrer trabalhos publicados de janeiro a dezembro deste ano.

P1260651
Bosco Martins (esq), Athayde Nery (centro) e Marcelo Turine (dir)

O concurso é aberto a profissionais e estudantes de Jornalismo, que têm até 4 de fevereiro para se inscrever. A parceria foi selada no auditório do Bloco C da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) diante de um público de mais de 700 pessoas, entre professores e acadêmicos, durante a abertura da Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Fetec MS).

Na mesma solenidade, o Governo do Estado, por meio da Sectei, Fundect, RTVE e Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), vai investir mais de R$ 7 milhões em projetos e programas de valorização da pesquisa e desenvolvimento e projetos tecnológicos em Mato Grosso do Sul. Foram assinados seis editais, dois relacionados aos prêmios de Jornalismo e Fotografia.

“A comunidade acadêmica e científica é o ambiente mais propício para idealização de programas e projetos estratégicos ao desenvolvimento do Estado e a estratégia manda inovar, pesquisar e encontrar novas fontes de promover o avanço”, destacou o secretário de Cultura Athayde Nery.

“Apesar da crise, o governador Reinaldo Azambuja e sua equipe encontram maneiras criativas de promover o desenvolvimento. Inovação tecnológica é essencial e quem busca esse viés pode superar a situação de dificuldade e entrar num cenário estável e sem tropeços”, disse o diretor-presidente da RTVE, jornalista Bosco Martins.

Os editais e chamadas públicas para os programas de apoio à ciência e tecnologia foram lançados com a participação de Fernanda Sato, diretora da Intel Education, que organiza a delegação brasileira para a Intel ISEF (International Science and Engineering Fair), maior feira internacional para jovens cientistas. Realizada desde 1950, nos Estados Unidos, participam do evento projetos de vários países. Em 2015, dos 18 projetos selecionados no Brasil três são de Mato Grosso do Sul.

P1260670
Estudantes ouvem atentos anúncio de editais durante abertura de feira tecnológica no auditório da UCDB

De acordo com o diretor-presidente da Fundect, Marcelo Turine, o objetivo dos investimentos do Governo do Estado é dar suporte financeiro “para auxiliar e incentivar os pesquisadores mestres e doutores na organização e realização de eventos técnico-científicos visando fortalecer os grupos de pesquisa, a transferência de tecnologia e a inovação, além de debater temas estratégicos”.

Editais

Foram lançados editais para o Programa de Transferência de Tecnologia e Capacitação em Pecuária de Corte (Agroescola), Programa de Apoio à Realização de Eventos Técnico-científicos, Programa de Apoio à Publicação Técnico-científica e Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional.

A Agroescola, por exemplo, vai selecionar 30 candidatos para curso de formação e transferência de conhecimentos e tecnologias. De acordo com o edital, as inscrições vão até 15 de dezembro. O programa é voltado a estudantes que concluíram nos últimos três anos curso técnico profissionalizante em agropecuária em escolas públicas ou privadas.

O Programa de Apoio à Realização de Eventos Técnico-científicos prevê a destinação de R$ 500 mil para auxiliar e incentivar os pesquisadores na organização e realização de eventos técnico-científicos. Podem se inscrever, até primeiro de dezembro, doutores com vínculo empregatício em instituições de ensino superior e de pesquisa sediadas em Mato Grosso do Sul.

Já o Programa de Apoio à Publicação Técnico-científica, busca a popularização do conhecimento científico, por meio da publicação e divulgação dos resultados de pesquisas científicas e tecnológicas inéditas e de relevância estadual, por meio de livros, coletâneas, dossiês temáticos, manuais, mapas e catálogos. Para essa programa, voltado aos graduados com doutorado, as inscrições vão até 14 de março.

P1260668
Programas de incentivo à ciência e tecnologia vão apoiar graduação e pós graduação em instituições universitárias

O Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) concede bolsa de pesquisa e dá apoio financeiro a pesquisadores que venham a residir no Estado. As inscrições vão até 29 de julho de 2016.

Premiação

Foi anunciado também nessa quarta-feira premiação para valorizar as ações de ciência, tecnologia e inovação em áreas distintas, por meio do Prêmio Fundect Pesquisador Sul-mato-grossense (inscrições até 4 de fevereiro de 2016) destinado a pesquisadores indicados pelas instituições universitárias e institutos de pesquisa científica.

(Fotos: Rogério Medeiros)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *