plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

4 de março de 2024 - 00:01

Governador e ministro liberam R$ 41 milhões para Bonito e destacam importância do turismo

O governador Reinaldo Azambuja e o ministro do Turismo Marx Beltrão assinaram a ordem de serviço para retomada da pavimentação asfaltica da Estrada do Curé, prolongamento d MS-178, entre Bonito e Jardim, que estava paralisada desde 2013 por falta de recursos federais. O acordo, que prevê uma contrapartida do governo do Estado, também beneficiou a MS-382, no trecho de Bonito-Serra da Bodoquena, que vai receber a primeira parte dos investimentos. Somados, o valor supera R$ 41 milhões.

O documento foi assinado nesta segunda-feira (21) em Bonito, quando Azambuja e Beltrão participaram de uma cerimônia com o trade turístico de Bonito/Bodoquena e região do Pantanal. Durante o evento representantes de cada setor, tanto público como privado, apresentaram seus resultados e solicitações.15151494_10205973258728969_1347621609_n

A secretária de turismo de Bonito, Juliane Salvadori, destacou os dados do Inventário do Turismo da cidade que apontam um crescimento significativo de visitantes em relação à 2014, que foi o ano Record em número de turistas. “Dados apontam para um crescimento de 6.9% em relação ao nosso melhor registro, isso em um ano de crise, onde o brasileiro não estava se sentindo seguro financeiramente”, explica.

Juliane também lembrou que o número de visitantes do próprio MS também aumentou muito, revelando que alguns conceitos equivocados sobre a cidade, estão ficando para trás. “O sul-mato-grossense está parando de ver Bonito como ‘o lugar mais caro de todos’ e se rendendo aos encantos da nossa cidade. O turismo é a nossa maior fonte de renda e gera mais de 60% dos empregos formais”, finalizou.

15135459_10205973261969050_1632276345_nNesse sentido, o governador frisou a importância de levar esse mercado a sério, como uma ‘indústria sem chaminé’, geradora de empregos e com potencial para ser uma alternativa para economia do Brasil em épocas de crise. “O turismo não é apenas uma alternativa para melhorar a renda, ele é a principal fonte de renda de muitas famílias e Bonito é a prova disso. MS tem outras grandes riquezas com o mesmo potencial e dever do Estado, em parceira com a rede privada, empresários e todo trade, construir um mercado forte. Os investimentos de hoje, em duas importantes estradas que dão acesso a vários atrativos, inclusive a Gruta, é uma prova de que valorizamos este setor e entendemos sua importância para economia do município e do Estado”, ressalta.

O ministro do Turismo também reforçou seu apoio, afirmando que ‘não coloca sua assinatura em obras em vão’, e que se depender do ministério, estas obras são apenas o começo e um grande parceria. “O Estado de vocês é maravilhoso. A cidade é apaixonante e sem dúvida merece atenção do governo Federal. Nós estamos montando ações para serem lançadas em breve, que vão beneficiar muito o setor turístico, que no atual governo está sendo tratado como um forte mercado, com grande potencial de crescimento”, afirma.

bonito-ministro-170-672x372
Governador e ministro sobrevoaram Bonito e locais de obras

Aeroporto

A intervenção do governo do Estado sobre a concessão do aeroporto municipal também rendeu discussões. Azambuja explicou que decisão foi muito contestada e até incompreendida por diversos setores, mas que foi a alternativa encontrada para não paralisar as atividades e deixar Bonito sem o serviço. “Nós entendemos que foi uma medida drástica, onde o Estado retira de uma empresa algo que ele mesmo confiou a ela, mas se a empresa entendeu que não poderia fazer as adequações necessárias para o funcionamento do aeroporto, a única alternativa foi pegar a responsabilidade de volta”, destaca.

O governador também lembrou que decisão tem dado resultados e que a partir do ano que vem, o aeroporto poderá contar com mais linhas. “A redução do ICMS do querosene, de 17% para 3% também contribuiu e mais uma vez, reforça a atenção do governo do Estado para turismo”, finalizou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *