plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Especialista explica quando tomar a vacina após ter Covid-19

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Por Magda Tebcharani

Mesmo quem já foi infectado deve tomar a vacina contra o coronavírus, mas no tempo certo. Isso vale tanto para quem foi imunizado pela CoronaVac — produzida pela Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac — quanto pela Covishield — desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford com a farmacêutica sueco-britânica AstraZenca. O recomendado, segundo especialistas, é esperar um mês para tomar a primeira ou a segunda dose, após o primeiro dia de sintoma ou se o exame RT-PCR der positivo.

A infectologista Joana D’Arc Gonçalves, do Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), em Brasília, esclarece que a indicação é do Ministério da Saúde e, também, está expressa na bula da vacina. “Como é um vírus novo, se a pessoa tomar antes desse período e tiver alguma reação, vamos ter dificuldade de saber se é por causa da doença ou da vacina”, explica.

“Quando você toma uma vacina e está infectado por qualquer vírus, a produção de anticorpos é mais intensa. Ainda não sabemos o que pode acontecer. Não há estudos com relação a isso”, comenta a médica Joana D’Arc Gonçalves.

No caso de outros tipos de vacina, como a da gripe, por exemplo, é recomendável aguardar 14 dias para receber outro tipo de imunização. “Reforçamos que a da covid-19 é prioridade nesse momento, mas as outras também são importantes e mesmo tomando a vacina, é preciso continuar seguindo os protocolos de segurança, como o uso da máscara e álcool gel e o distanciamento social”, ressalta a infectologista.

Texto: Ana Luiza Vinhote/Agência Brasília

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.