Entidade de Campo Grande busca apoiadores para a Festa da Solidariedade

Compartilhe:

Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária promoverá evento entre 18 e 20 de outubro
Bosco Martins, a empresária Tatiane Baumgardner (em visita à Fertel) e Rui Spínola. (Foto: Iasmin Biolo/Fertel)
Bosco Martins, a empresária Tatiane Baumgardner (em visita à Fertel) e Rui Spínola. (Foto: Iasmin Biolo/Fertel)

A direção da SSCH (Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária) realiza às 19h desta quarta-feira (9) uma reunião em busca de adesões de colaboradores para a realização da Festa da Solidariedade, que acontecerá entre 18 e 20 de outubro na sede da instituição –na rua Pedro Celestino, 3.283, São Francisco, em Campo Grande.

O trabalho integra o movimento “Nova Seleta”, que dá nova roupagem ao trabalho realizado pela instituição centenária –nascida em 1908 em Corumbá e que desde 1926 cultiva raízes em Campo Grande–, que mantém cerca de 400 adolescentes em programas de estágio e oferece cursos profissionalizantes e de esporte. No dia 12 de outubro, a instituição espera reunir apoiadores e outros segmentos da sociedade civil para um abraço simbólico.

Responsável pela coordenação da festa, Rui Spínola Barbosa esteve nesta quarta-feira na sede da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), onde entregou ao diretor-presidente da instituição, Bosco Martins, convite para participação da iniciativa social.

“Vemos com satisfação os esforços para fortalecimento da Seleta, que por décadas ajudou a milhares de adolescentes e jovens a se prepararem e ingressarem no mercado de trabalho”, destacou Bosco.

A feira terá setores para comercialização de artesanato e roupas, produtos alimentícios e praça de alimentação com 26 boxes, com possibilidade de receber também trailers e barraquinhas.

Neste sábado, às 8h, Spínola convidou apoiadores e colaboradores da Seleta a comparecerem à instituição, para realização de um ato simbólico de abraço à Nova Seleta. Após o encontro, será feita visita técnica com equipe de arquitetos para reconhecimento do local.

“Somos a turma do ‘Nós antes do eu e do nosso antes do meu’. A Nova Seleta é solidariedade, amor e partilha”, destacou o coordenador, em nota.


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *