plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de maio de 2024 - 00:39

Ciência no Boteco: Pesquisador fala sobre laboratório para inovadores em MS

Você já pensou em um lugar para fabricar, com as próprias mãos, quase tudo o que sonhar? Segundo o professor Daniel Braz, do curso de Engenharia Física da UEMS, esse espaço já é uma realidade. É sobre esse laboratório, chamado de FABLAB, que o pesquisador vai falar durante o “Pint of Science” (Ciência no Boteco). O bate-papo científico será na segunda-feira (23), a partir das 19h30, na JK Espetaria.
Dourados está entre as sete cidades brasileiras que sediarão o festival internacional de divulgação científica, o Pint of Science.

O pesquisador explica que o FABLAB faz parte de uma Rede Mundial. A boa notícia é que, em breve, Dourados terá um FABLAB. O espaço, que será o primeiro de Mato Grosso do Sul, será na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

“O FABLAB é um laboratório aberto com recursos que ajudem e estimulem as pessoas a criarem, a inventarem e a produzirem coisas que gerem inovação, ou seja, que gerem valor social ou econômico”, explica Daniel.

Ainda segundo Daniel, o objetivo é que os equipamentos disponíveis no laboratório sejam utilizados por pesquisadores, alunos e, principalmente por todos da comunidade da cidade.

Saiba mais sobre o professor Daniel Braz

Mestre em Física Aplicada pelo Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP), graduado em Engenharia Física pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Atualmente, é Coordenador do Curso de Engenharia Física da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

O evento

Não perca esta oportunidade, o Brasil é o único país da América Latina a participar da iniciativa, que será realizada simultaneamente em outros 11 países. Dourados é a única cidade da região Centro-Oeste a participar do evento, que está mobilizando mais de 50 cidades espalhadas por oito países. Em Mato Grosso do Sul, o evento é coordenado pela professora Ísis Faria, da UEMS.

Durante as três noites do festival, cientistas de várias partes do mundo saem de seus laboratórios para mostrar o que eles estão pesquisando e qual o impacto disso na vida das pessoas. Para conferir a programação de cada cidade, basta acessar o sitewww.pintofscience.com.br. O festival é gratuito e as pessoas que participam pagam somente o que consumirão nos locais em que acontecerão os bate-papos científicos.

Serviço

Dia: 23/05/2016
Horário: A partir das 19h30
Local: JK Espetaria
Endereço: Avenida Weimar Gonçalves Torres, 1.200 – Jardim Tropical
Dourados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *