Rádio e TV Educativa de MS

Alunos de Nova Casa Verde descobrem “como se faz” Rádio e TV em visita à Fertel

Estudantes do 3º Ano do Ensino Médio da Escola Estadual Luiz Carlos Sampaio vieram à Capital e acompanharam um pouco da rotina da FM 104.7 Educativa e da TVE Cultura
0

Alunos do 3º Ano do Ensino Médio da Escola Estadual Luiz Carlos Sampaio, do distrito de Nova Casa Verde, em Nova Andradina, visitaram na tarde desta sexta-feira (13) as dependências da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), onde puderam conhecer um pouco da história da comunicação pública sul-mato-grossense, visitar exposição de artes e, ainda, conhecer como é feita a produção e veiculação de programas de rádio e televisão.

A visita ocorreu por solicitação feita por meio do Portal da Educativa, na qual o professor Cássio Figueiredo consultou a possibilidade de o grupo visitar o Palácio das Comunicações J. Barbosa Rodrigues, sede da Fertel, da FM 104.7 Educativa e da TVE Cultura.

Além de ouvirem um breve histórico sobre a fundação, os alunos puderam visitar a Sala da Memória Pedro C. R. Porfírio, onde há uma exposição permanente de equipamentos utilizados nos primórdios da TV Educativa de Mato Grosso do Sul; e visitar o Espaço Cultural Jornalista Aldo Olarte de Souza, que recebe trabalhos de artistas sul-mato-grossenses e, no momento, sedia a exposição Grande Morada 100 Anos –uma homenagem ao centenário da Morada dos Baís e que também exalta a memória de Lídia Bais, uma das primeiras artistas plásticas da Capital, sendo organizada pela Confraria Socioartista.

Os estudantes também puderam conhecer os estúdios da FM 104.7 Educativa e da TVE Cultura, assim como a ilha de edição e a torre de transmissão que possui 116 metros de altura, a mais alta em alvenaria da América Latina.

“Nós formandos viemos até Campo Grande para realizar uma visita técnica autoral em alguns pontos da cidade. Agradecemos todos que nos receberam, em especial, a TVE pela oportunidade de estarmos conhecendo o espaço e agregando valores até mesmo para quem sabe contribuir para cursar e concluir o curso superior nesta área”, ressalta o aluno Igor Eduardo

A vinda à sede da fundação fez parte de um roteiro extenso de visita dos estudantes, que também visitaram uma fábrica de refrigerantes e o Museu Dom Bosco.

Conheça – Tanto a Sala da Memória como o Espaço Cultural da Fertel estão abertos para visitação pública em horário comercial. A fundação também recebe grupos interessados em visitas técnicas a partir de agendamentos pelo telefone (67) 3318-3872, com Ana Rita, ou pelo canal Fale Conosco do Portal da Educativa.

Confira a galeria de fotos desta vista:

Compartilhe:

Deixe sua resposta

Seu endereço de email não será publicado.