plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

21 de abril de 2024 - 13:41

Agricultores aderem ao uso de aplicativo em celulares para gerenciar as finanças das propriedades

Campo Grande (MS) – Agilidade, comodidade e segurança. Pensando nestes três fatores que a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) em parceria com o Banco do Brasil e Procon promoveu o treinamento de uso do aplicativo de smartphone para operações financeiras. A capacitação foi realizada na sexta-feira (30), nas dependências da Cooperativa dos Produtores da Itamarati (Cooperai), do assentamento Itamarati, município de Ponta Porã.

A ideia das três instituições foi aproveitar o “boom” tecnológico que eclodiu também na zona rural, a partir do uso de celulares digitais, smartphones, e internet para facilitar a vida das famílias agrícolas na hora de organizar as finanças dentro da pequena propriedade.

Na abertura o gerente geral do Banco do Brasil de Ponta Porã, Paulo Sérgio Belmonte, destacou as vantagens de usar a tecnologia para minimizar a ausência de serviços existentes muitas vezes apenas no perímetro urbano. “O assentamento Itamarati possui mais de 1.500 clientes do Banco do Brasil, que precisam se deslocar 50 quilômetros até o centro de Ponta Porã. Agricultores que precisam verificar extratos, saldos ou dividas do Pronaf, sendo que com o uso do aplicativo se evitariam esse deslocamento”.

Ao todo, 32 agricultores familiares participaram do treinamento. “Vários assentados possuem aparelhos de celular tipo smartphone e hoje com sinal de internet acessível, é de grande importância que o Banco do Brasil com o apoio da Agraer faça a capacitação desses agricultores familiares no uso do aplicativo”, disse o gerente.

Mais do que o conforto o aplicativo representa também uma economia doméstica para as famílias do campo como observa Antônio Coinete, pequeno produtor e presidente da Cooperai. “Só para ir até a cidade você gasta cerca de R$ 50,00 de diesel pra ir e voltar. Fazer as coisas por aqui é melhor né”.

O agricultor fez o download do programa como parte das atividades do treinamento e aprendeu a utilizar a “nova ferramenta de trabalho”. Antônio aproveitou e conferiu seu extrato bancário e próximo vencimento da parcela do Pronaf. “Você pode pagar uma conta de luz ou água sem sair do sítio. Economiza tempo e você pode se dedicar a terra”, avaliou em tom de aprovação.

A ação foi tão bem aceita entre os produtores que as três instituições ( Agraer, Banco do Brasil e Procon de Ponta Porã) querem replicar a ação. “Novos treinamentos serão feitos para que mais agricultores familiares sejam capacitados para utilização do aplicativo”, contou o coordenador regional da Agraer de Ponta Porã, Antônio Carlos Peixoto.

Aline Lira, da Assessoria de Comunicação da Agraer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *