plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

4 de março de 2024 - 19:44

Agência orienta candidatos de concurso a não viajarem com transportadores clandestinos

 A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) faz um alerta aos candidatos que irão se deslocar de transporte público para Campo Grande e Dourados para fazer a prova de um concurso público estadual neste domingo (17.2). Transportadores clandestinos estão oferecendo o serviço com preço reduzido, uma prática ilegal e que pode acabar prejudicando o passageiro.

A Agência recebeu denúncias de ofertas de passagem com origem em municípios próximos às duas cidades que irão sediar o concurso – Campo Grande e Dourados -, com valores menores que os praticados pelos transportadores legalizados, tanto concessionárias, quanto operadores autônomos credenciados. “Veículos ilegais estão sujeitos a serem retidos em fiscalização”, alerta o diretor de Transportes da Agepan, Ayrton Rodrigues.

Ele destaca que, independente da presença da fiscalização, o próprio usuário precisa estar ciente do risco que corre ao viajar com um clandestino, mesmo que pague menos pela passagem. “É justamente a oferta de desconto que deve servir de alerta. O transporte legalizado é tabelado, porque inclui os custos do serviço, do seguro, e de todas as garantias para o passageiro”, lembra. “Queremos reforçar o alerta para os candidatos: não aceitem oferta de passagem sem a certeza de que se trata de uma empresa legalizada. Além da falta de garantias do serviço, há um grande risco de ter o compromisso prejudicado, caso o veículo seja flagrado na fiscalização”.

No site da Agepan existe uma  página de Pesquisa de Viagem onde passageiros de qualquer localidade podem verificar a disponibilidade de empresa, horário e os valores da tarifa de todas as origens para todos os destinos no sistema de transporte intermunicipal. Nesse caso, basta citar o ponto de onde vai partir e colocar “Dourados” ou “Campo Grande” no campo destino, para saber quais empresas e operadores autônomos fazem o serviço.

Também é possível fazer uma viagem fretada, reunindo um grupo de pessoas e assinando um contrato coletivo. É um serviço que só pode ser realizado por operadoras cadastradas na Agepan e é proibida a venda de bilhetes individuais, sendo obrigatória a contratação para o grupo. A relação de transportadoras autorizadas também pode ser consultada no site da Agepan.

Gizele Oliveira – Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan)

Foto: Edemir Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *