plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

18 de maio de 2024 - 10:01

Agência do Detran-MS de Dourados ganha Junta Médica local

A partir de agora a agência do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) localizada em Dourados, passará a ter atendimento de Junta Médica. Assim, os candidatos que não concordarem com os resultados das avaliações de aptidão física e mental, que integram o processo de habilitação, poderão fazer nova avaliação em Dourados.

O diretor-presidente, Rudel Trindade, comenta que a intenção é descentralizar o serviço e dar mais autonomia para as agências. “Isso evitará que os clientes precisem viajar para a Capital e  gastem com transporte e hospedagem. O intuito é expandir as Juntas Médicas para todo o Estado”, finaliza.

O gerente da agência de Dourados, Aparecido Dias Duarte, comenta que a Junta Médica vai atender a região de Nova Andradina a Mundo Novo. “Isso não é uma conquista apenas do órgão e sim dos clientes, que antes se deslocavam até Campo Grande para ser atendido pela junta médica”, encerra.

A diretora de habilitação, Loretta Figueiredo, explica que a previsão inicial das Juntas Médicas é uma vez por semana, atendendo em média seis candidatos por vez. “A composição será previamente definida pelo Detran-MS e os credenciados no município de Dourados”, comenta.

Loretta ressalta que o local da realização das juntas será no consultório de um dos componentes da Comissão que poderá ser acordado entre os peritos. “O endereço deverá ser comunicado com antecedência ao órgão para que conste no protocolo de agendamento”, finaliza.

Prevista na resolução 425 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), a Junta Médica e composta por três médicos especialistas em Medicina de Tráfego.

Para que serve o exame de junta médica?
O exame na Junta Médica tem por objetivo reavaliar o resultado do exame de aptidão física e mental, a pedido do candidato, e, verificar suas condições de saúde para que o mesmo possa dirigir com ou sem as adaptações veiculares, conforme o tipo de deficiência existente (moderada ou grave).

Viviane Freitas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *