plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

1 de fevereiro de 2023 - 05:45

13º dos hospitais vai custear atendimentos do SUS e pagar funcionários

O anúncio do pagamento do 13º dos hospitais sul-mato-grossenses que atendem pelo SUS (Sistema Único de Saúde) foi comemorado por dirigentes das unidades, que afirmaram que o recurso extra vai contribuir com o custeio das atividades e o pagamento do 13º dos funcionários.

Conforme confirmado pelo governador Reinaldo Azambuja, 79 hospitais públicos e filantrópicos de  68 municípios do Estado vão receber, ainda nesta semana, R$ 25,3 milhões de repasse extra, referente a 13ª parcela do contrato de prestação de serviço.

Tanto para o Hospital São Julião quanto para o Hospital de Câncer Alfredo Abrão (HCAA), que atendem 99% dos pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Campo Grande, o recurso é vital para regularidade do serviço. “Estou presidente há quatro meses, mas sei que não é a primeira vez que o governador Reinaldo Azambuja tomou essa iniciativa. É louvável, vem ajudar demais, principalmente as entidades filantrópicas”, explica o presidente do Hospital São Julião, Carlos Melke.

Complemento Financeiro

Reinaldo Azambuja anunciou o pagamento adicional dos hospitais nesta segunda-feira (19), durante agenda no Receptivo do Governo no Parque do Prosa. Ao lado do governador eleito Eduardo Riedel, ele explicou que a contratualização que o Estado faz com os hospitais é de 12 parcelas e que a 13ª é um complemento financeiro.

O maior aporte dos R$ 25,3 milhões será feito para 22 municípios que possuem hospitais com gestão plena municipal. Conforme cronograma, serão R$ 23.319.117,13. Outros 46 municípios, que possuem hospitais com gestão estadual, receberão R$ 2.039.769,99.

Entre as unidades beneficiadas em Campo Grande estão o HCAA (Hospital de Câncer Alfredo Abrão), que vai receber R$ 610 mil, a Santa Casa, que vai ganhar R$ 9 milhões, o Hospital Adventista, que terá R$ 420 mil, e o Hospital São Julião, que vai receber R$ 478 mil. A Maternidade Cândido Mariano (R$ 531,7 mil), o Hospital Universitário (R$ 300 mil) e o Hospital Nosso Lar (R$ 160 mil) também serão contemplados. Em Dourados, o Hospital da Vida terá R$ 2,6 milhões. Em Três Lagoas, o Hospital Auxiliadora vai ganhar R$ 1,9 milhão.

Municípios

Santa Casa vai receber R$ 9 milhões (Foto: Edemir Rodrigues)

Os 46 municípios que possuem hospitais com gestão estadual que receberão a 13ª parcela do incentivo à contratualização são: Água Clara, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Caracol, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Miranda, Mundo Novo, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Pedro Gomes, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Rio Negro, Santa Rita do Pardo, Sete Quedas, Sonora, Tacuru, Taquarussu e Vicentina.

Já os 22 municípios que possuem hospitais com gestão plena municipal que receberão a 13ª parcela do incentivo a contratualização são: Amambai, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Eldorado, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia e Três Lagoas.

Bruno Chaves, Subcom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *