UEMS abre vagas para cursos de Licenciatura em Dança e Teatro

Compartilhe:

A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), unidade de Campo Grande,  abriu 50 vagas para cursos de Licenciatura em Dança e Teatro. As inscrições vão até o dia 21. O acesso aos cursos pode ser feito pelo Enem ou vestibular institucional.

A perspectiva dos cursos está na formação de  artistas-docentes reflexivos, ao pensar  teorias e práticas educativas, formação artística, pedagógica, técnica, ética e cultural.
Os licenciados em Dança ou em Teatro podem atuar como artistas-docentes na educação formal e não formal de modo efetivo e com intervenção crítica e transformadora, buscando novas formas de expressão e de linguagem corporal e estética a partir da Dança e do Teatro.

 

DANÇA

O Curso de Licenciatura em Dança estrutura-se a partir da pesquisa como elemento transversal do currículo. O desenho curricular concebe a pesquisa como prolongamento da atividade de ensino e como instrumento para a iniciação científica. Desenvolvem-se, ao longo do Curso, de forma integrada com a pesquisa, os núcleos básicos, específicos e pedagógicos do Curso de Licenciatura em Dança.

No Curso de Licenciatura em Dança enfatiza-se que a arte deve ser entendida como área de conhecimento. Dessa maneira, na análise da dinâmica dos espaços sociais, é possível constatar que os campos artístico e científico se constituem a partir da construção e da prática das relações, respondendo, assim, ao movimento das transformações da própria realidade, às formas de percebê-la, de compreendê-la e representá-la.

Compreendendo a dimensão que o ensino de Arte assume na atualidade, o professor de Dança precisa estar consciente da sua importância, tendo conhecimento de que a forma como conduz o processo de ensino é tão significativa quanto o produto final.

Deve-se ressaltar que o foco do Curso de Licenciatura em Dança é a formação de professores habilitados para o ensino de Dança na educação básica. Nesse sentido,faz-se necessário que sejam observadas, além das questões próprias da licenciatura, a especificidade da área, ou seja: o curso de licenciatura em Dança deve ensejar, como perfil desejado do formando, c apacitação para a apropriação do pensamento reflexivo e da sensibilidade artística, comprometida com a produção coreográfica, com espetáculo da dança, com a reprodução do conhecimento e das habilidades, revelando sensibilidade estética e cinesiologica, inclusive como elemento de valorização humana e da expressão corporal, visando integrar o indivíduo na sociedade e tornando-o participativo de suas múltiplas manifestações culturais.

Além dos processos de ensino, espera-se que o acadêmico do Curso de Licenciatura em Dança possa se apropriar dos elementos indispensáveis à pesquisa e à produção do conhecimento, em uma articulação entre Arte e Ciência.

A compreensão de artista-docente, presente na concepção do Curso, enseja a formação integral do professor Licenciado em Dança, possibilitando a abrangência das relações de trabalho, das alternativas sociopolíticas de transformação da sociedade e de si próprio, da construção de bases para o contínuo e necessário processo de pesquisa e reconstrução do saber numa perspectiva da integralidade de saberes que possam permitir: a percepção do valor da subjetividade e da alteridade; a compreensão do papel social da educação e da escola; o domínio dos conteúdos de Dança e suas didáticas; a construção de processos de investigação que tenham por finalidade o aprimoramento das práticas cênicas e pedagógicas; a apropriação de conhecimentos artísticos, pedagógicos e da diversidade presentes na prática da Dança.

TEATRO

No Curso de Licenciatura em Teatro reitera-se a importância da Arte enquanto área do conhecimento. É possível constatar que os campos artístico e científico se constituem a partir de processo de construção mútua. Logo, compreende-se a não dissociação entre Arte e Ciência no ensino. Cabe ressaltar que o foco do Curso de Licenciatura em Teatro é a formação de professores para o exercício da docência em Teatro. Nesse sentido, conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais previstas na Resolução CES nº 4, de 8 de março de 2004, que aprova as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Teatro, faz-se necessário que sejam observadas, além das questões próprias da licenciatura, a especificidade da área.

Diante disso, observa-se a aquisição de conhecimentos específicos da linguagem teatral, bem como a capacidade de desenvolvimento de processos e reflexões críticas concernentes ao campo pedagógico, em que se pese o domínio técnico e expressivo do corpo visando à interpretação teatral, a prática docente, os conhecimentos referentes à área da educação e os princípios pedagógicos através e com o teatro. Portanto, é imprescindível desenvolver a capacidade de coordenar um processo de ensino e aprendizagem em teatro no âmbito formal e não-formal. De modo que o egresso possa se apropriar dos elementos indispensáveis à pesquisa e ao ensino na respectiva da área.

Essa concepção do licenciado em Teatro enseja a formação integral do profissional que atuará na educação básica, possibilitando a compreensão das alternativas sociopolíticas de transformação da sociedade e de si próprio, da construção de bases para o contínuo e necessário processo de pesquisa e reconstrução do saber numa perspectiva da integralidade e de saberes que permitem: a percepção do valor da subjetividade e da alteridade; a compreensão do papel social da educação e da escola; o domínio dos conteúdos do Teatro e suas didáticas; a construção de processos de investigação que tenham por finalidade o aprimoramento das práticas cênicas e pedagógicas; a apropriação de conhecimentos artísticos, pedagógicos e da diversidade presentes na prática em Teatro.

Para tanto, busca-se uma formação em que o licenciado em Teatro deverá ser permanentemente posto em situações que estimulem atitudes de estudo, responsabilidade, alteridade, cooperação criatividade, espontaneidade. Assim, no Curso de Licenciatura em Teatro objetiva-se formar professores que compreendam o Teatro como uma atividade que está alicerçada no âmbito coletivo.

Fonte: Assessoria – UEMS


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *