plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

TVE/Cultura volta a Maracaju e Reinaldo destaca qualidade e empenho da equipe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Após 12 anos fora do ar, a TV Educativa de Mato Grosso do Sul retoma por meio do canal 6 analógico, a transmissão de seu sinal no município de Maracaju, distante 155 km de Campo Grande. O volta da TVE só foi possível após convênio entre o Governo do Estado, por meio da Fundação Luiz Chagas de Rádio e Televisão (Fertel), e a Prefeitura Municipal de Maracaju. O ato de retransmissão, que contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja, do prefeito Maurílio Azambuja e do diretor-presidente da Fertel jornalista Bosco Martins e outras autoridades, fez parte da comemoração dos 93 anos do município sul-mato-grossense.

“Mais uma opção de cultura, cidadania e informação para a população de Mato Grosso do Sul. Para nós é uma alegria, poder difundir essa base de programas educativos e culturais, que são de interesse da população. Tenho uma grata satisfação pelo Bosco Martins, diretor-presidente da Fertel, o secretário de Estado de Cultura e Cidadania Athayde Nery por trazerem mais essa opção a Maracaju”, disse o governador durante o ato oficial.

Após a assinatura do convênio, um vídeo institucional sobre a TV Educativa e também sobre os 93 anos da cidade foi exibido, revelando desde já o potencial da emissora na difusão de conteúdos culturais. “A TVE comemora junto com Maracaju. Essa retomada do sinal faz parte de uma orientação do governador Reinaldo e que seguimos cumprindo com muito êxito. Agradeço a ele pelo apoio e também à prefeitura”, declarou o jornalista Bosco Martins.

O prefeito Maurílio Azambuja também comemorou a retomada da transmissão, a indicação da vereadora e também ao empenho da equipe da Fertel. Segundo ele, “é um momento de grande importância. A TVE traz um legado da nossa história. Traz conhecimento, dá condições para que a população do interior saibam sobre o que de fato ocorre no seu estado”.

Também presente no ato, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul deputado Júnior Mochi parabenizou a população de Maracaju pela conquista, lembrando também das parcerias que a ALMS já possui com a TVE. “Parabéns população pelo sinal da TV Educativa de volta à cidade. A Assembleia possui hoje importante diálogo com a TVE, que vai se fortalecer ainda mais. Em breve, a população terá acesso também a informações sobre a atuação da casa de leis em prol do povo sul-mato-grossense”, declarou.

O secretário de Cultura e Cidadania Athayde Nery, destacou um novo tempo na área cultural de Maracaju com alternativa da programação da TVE “as  principais atrações da programação  são a nossa cultura,  um canal onde vocês poderão assistir além de entrevistas  com pessoas daqui shows  de  Delinha, Almir Sater, Renato Teixeira e Sérgio Reis, Kuery Porã, Patrícia e Adriana, Chalana de Prata e Canto Guarani, entre outros artistas e grupos de nossa terra”, finalizou.

Hoje, a TV Educativa de Mato Grosso do Sul conta além de seus programas regionais com a programação da TV Cultura de São Paulo, que tem uma das melhores grades de programação de todo o mundo. Foi justamente esse espaço de qualidade e diversidade que motivou a indicação da vereadora por Maracaju Marinice Penajo pela retomada do sinal, pedido que foi votado por unanimidade na casa de leis do município. “É uma satisfação enorme ver o nosso pedido atendido e agora concretizado. Quero agradecer mais uma vez ao Bosco Martins, ao prefeito, por esse canal que vai trazer conteúdo de qualidade para Maracaju. Vamos ficar todos ligados no canal 6 da TV aberta”, disse Marinice.

Breve sinal digital

A emissora pública de MS ainda tem operado no sistema analógico para expansão do sinal, mas Maracaju e outras cidades do interior deverão contar também com o sinal SBTV-D, que é o padrão brasileiro de TV digital. Pelo marco regulatória da digitalização, até o fim do ano Campo Grande e Dourados deverão estar com seus sinais digitalizados.

“Legalmente estamos avançado no processo com o Ministério das Comunicações e Tecnologia e já obtivemos licença para operar em 41 municípios autorizados no sistema digital, atingindo 90% da população, mas isso ainda demanda cumprirmos as determinações do próprio Ministério, que é o de instalarmos primeiro o sistema em Campo Grande, onde operaremos, que o canal será o 42 UHF Digital, e em Dourados, por conta do maior número de população”, esclarece Bosco Martins.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *