plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de junho de 2024 - 02:34

Solenidade na Assembleia Legislativa marca os 20 anos de fundação de pesquisa

Ato na Assembleia marcou celebração dos 20 anos da Fundect. (Foto: Victor Chileno/ALMS)
Ato na Assembleia marcou celebração dos 20 anos da Fundect. (Foto: Victor Chileno/ALMS)

Atuando há duas décadas em Mato Grosso do Sul no fomento às pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação, a Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) festejou seus 20 anos de existência em sessão solene realizada na noite de segunda-feira (2) na Assembleia Legislativa. No evento, proposto pelo deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), vice-presidente da Casa de Leis, em parceria com o prof. dr. Márcio de Araújo Pereira, diretor-presidente da entidade, dez pessoas foram homenageadas.

“A Fundect já foi dirigida por grandes expoentes e atualmente cumpre papel da absoluta relevância no Estado, no apoio, fomento e financiamento a pesquisas científicas e cursos de pós-graduação, também atua na formação de recursos humanos capacitados e capital intelectual, fundamentais para a produção de ciência e tecnologia e o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Registro aqui meu orgulho e felicidade em ter participado da criação e manutenção da Fundect junto aos demais deputados estaduais. Esta Casa de Leis também trabalhou em favor da educação, especialmente a superior, desde a instalação da Assembleia Constituinte, em 1979”, declarou Onevan.

“As novas tecnologias e a contemporaneidade trouxeram novas demandas, e com o auxílio do Governo do Estado e minha participação, alunos de uma escola de Itaquiraí participam de competições de robótica no Brasil e no exterior. Conheço inúmeras pesquisas que estão sendo desenvolvidas com o apoio da Fundect e são essenciais para o bem-estar da população. Parabéns à Fundect pelos seus 20 anos de trabalho e conquistas. A Assembleia Legislativa continuará apoiando suas ações”, prosseguiu o vice-presidente da Casa.

Já o diretor-presidente da Fundect ressaltou a honra em conduzir a fundação neste momento de comemoração. “A Fundect está em Mato Grosso do Sul lado a lado ao desenvolvimento, na produção de vacinas, controle de vetores e muitas outras pesquisas. Não percebemos isso no dia a dia, também estamos na segurança pública, em cada mestrando e doutorando que recebe bolsas, nos programas de pós-graduação. Ainda há muito que avançar, e vamos investir ainda mais, pois este Estado tem um grande potencial científico. Estamos presentes e estaremos cada vez mais presentes”, afirmou.

Ainda conforme Pereira, “com o decreto federal que regulamenta a ciência e tecnologia em nosso país, nosso foco é buscar, cada vez mais, o resultado. Pensar em ciência é pensar no desenvolvimento”, destacou.

Marcelo Augusto Santos Turine, reitor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), agradeceu pela homenagem aos 20 anos da Fundect. “Este aniversário traz mais expectativas, mais investimentos para a ciência e tecnologia virão e é uma chance de festejar, agradecer e refletir. Queremos contribuir com mais bolsas de mestrado, de doutorado, de iniciação científica, de iniciação científica júnior, mais editais para jovens pesquisadores. Tudo isso é projeto para o desenvolvimento do Estado e muitos dependem do fomento à ciência e tecnologia”, explicou.

O secretário-adjunto da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Ricardo Senna, parabenizou a todos os pesquisadores do Estado. “São 20 anos de Fundect e nestes últimos quatro anos já foi investido mais do que em 20 anos em ciência e tecnologia. As vezes ninguém percebe essas inovações. Mas temos muitos avanços na agricultura e pecuária devido as pesquisas realizadas por diversas instituições e isso só aconteceu porque a ciência, a tecnologia e o ensino inovador estiveram presentes nas academias. Esta área é extremamente importante para o desenvolvimento do Estado. Parabenizo o deputado Onevan de Matos por esta comemoração e informo que o Governo do Estado está somando esforços para articular diversas instituições para elaborar políticas públicas mais eficazes com o objetivo de pesquisadores trabalharem por Mato Grosso do Sul e inserirem o Estado a nível nacional. Cumprimento toda a equipe da Fundect que está aniversariando hoje”, disse.

Homenageados

Foram homenageados na solenidade o deputado estadual Onevan de Matos, vice-presidente da Casa de Leis, Reinaldo Azambuja (PSDB), Governador do Estado, Prof. Dr. Márcio de Araújo Pereira, diretor-presidente da Fundect, Marcelo Augusto Santos Turine, reitor da UFMS, Fábio Edir dos Santos Costa, reitor da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Prof. Dr. Ivo Leite Filho, graduado em Química, responsável por inúmeros projetos de iniciação científica junto aos jovens do Estado, Luiz Fernando da Silva Borges, pesquisador de Aquidauana e técnico integrado de informática, Jaime Elias Verruck, secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar e presidente do Conselho Superior da Fundect, Eduardo Corrêa Riedel, mestre em Zootecnia na Universidade Estadual Paulista e secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica e Ricardo Senna, secretário-adjunto da Semagro e membro do Conselho Superior da Fundect.

Fábio Edir dos Santos Costa, reitor da Uems, falou em nome dos homenageados. “É uma noite de alegria para toda comunidade científica de Mato Grosso do Sul. A história da ciência e tecnologia no Estado tem dois momentos, antes da criação da Fundect e depois. Com a Fundect um novo cenário e novas oportunidades surgiu aqui a fundação tem então função primordial na formação de recursos humanos com pesquisadores desde a sua base na iniciação científica. Iniciamos um processo de qualificação melhor desde então e atualmente temos o compromisso de tornar o Estado mais competitivo no conhecimento e inovação por meio da Fundect, através de bolsas de estudo para mestrado e doutorado e apoio aos programas de pós-graduação e a todas as áreas científicas. Que esse espírito inovador seja cada dia mais desafiador”, registrou.

Em vídeo institucional, foi demonstrado o trabalho do pesquisador Luiz Fernando da Silva Borges, que recebeu a homenagem de jovem cientista devido ao método desenvolvido por ele, por meio da síndrome do membro fantasma, onde pessoas amputadas poderão gerar movimentos de maior precisão com suas próteses. Este experimento rendeu ao pesquisador o maior prêmio mundial na categoria de engenharia biomédica, além de chamar a atenção do Laborátorio Lincoln, do Instituto Tecnológico de Massachusetts, que deu o seu nome a um asteroide. Atualmente, o pesquisador desenvolve estudos com dispositivos de monitoramento do sono para a comunicação com pessoas inicialmente classificadas em estado vegetativo ou coma.

Fundect

Criada pela Lei 1860, de 3 de julho de 1998, a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul é pessoa jurídica de direito público, sem fins lucrativos, com patrimônio próprio e autonomia administrativa e financeira. É vinculada a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar e apoia e incentiva financeiramente projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação relevantes para o desenvolvimento econômico, cultural e social do Estado, executados por pesquisadores vinculados a instituições de ensino e/ou pesquisa, públicas ou privadas localizadas em Mato Grosso do Sul.

(Com assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *