Reinaldo lança pedra fundamental de indústria da Coamo que vai gerar 2 mil empregos em Dourados

Compartilhe:

Dourados (MS) – O governador Reinaldo Azambuja participa, nesta terça-feira (6), do lançamento da pedra fundamental das unidades de processamento de soja e refinaria de óleo do complexo industrial da Coamo Agroindustrial Cooperativa em Dourados. A solenidade de lançamento será realizada às 10h nas margens da BR-163 (km 247), local das novas instalações das fábricas, com as presenças da diretoria da Coamo e de autoridades.

A instalação das unidades em Mato Grosso do Sul representa a confiança da Coamo na política de atração de investimentos do Governo do Estado, defende o governador Reinaldo Azambuja. Entre as ações de Governo para garantir a vinda de novas indústrias para Dourados está o investimento de R$ 9,4 milhões em pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais no Núcleo Industrial e no acesso ao Polo Industrial da cidade.

“O investimento da Coamo também confirma a viabilidade da nossa política de trocar impostos por empregos”, destaca. Segundo a cooperativa, serão dois mil empregos diretos e indiretos durante a construção das indústrias. Após a conclusão, mais de 350 empregos diretos.

Para o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, a expansão das atividades da Coamo valoriza o potencial agrícola de Dourados e contribui para o desenvolvimento da região. “A construção da unidade industrial da Coamo vai movimentar de forma relevante a economia da região.

O governo potencializou esse impacto positivo na rodada de negócios do Propeq Adensa que realizamos em Dourados em setembro. Fizemos a aproximação da Cooperativa com pequenas e médias empresas da região que têm potencial de serem fornecedores e prestadores de serviço no período das obras da indústria. É uma ação concreta do governo do Estado para o fortalecimento e consolidação das cadeias produtivas de Mato Grosso do Sul”, afirmou.

Com investimento de R$ 650 milhões, o novo empreendimento constará de uma indústria de processamento de soja para 3.000 toneladas de soja/dia, produção de farelo e óleo, e uma refinaria para 720 toneladas/dia de óleo de soja refinado, equivalente a 15 milhões de sacas de soja /ano. A previsão é de que as obras das novas indústrias sejam iniciadas em janeiro de 2017 e concluídas em 2019.

Inauguração do sistema de videomonitoramento

Durante agenda em Dourados, o governador também participa da inauguração do laboratório e assinatura da ordem de serviço da obra de construção da cantina e passarelas da Fatec Senai de Dourados (às 8h30 na Rua 20 de Dezembro, 2.645, Jardim Vista Alegre); e inaugura o Sistema de Videomonitoramento em Vias Públicas de Dourados (às 13h30 no Batalhão de Polícia Militar, na Rua Fernando Ferrari, 610, Vila Industrial).

Para instalar 15 câmeras de videomonitoramento na cidade, que vão contribuir com a segurança nas ruas, foram investidos R$ 3,9 milhões dos governos Federal e Estadual, por meio de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça. A implantação das câmeras faz parte da Estratégia Nacional de Segurança Pública (Enafron). Além de Dourados, as cidades de Amambai, Bela Vista, Coronel Sapucaia, Corumbá, Mundo Novo, Naviraí e Ponta Porã também fazem parte do programa.

Bruno Chaves-Subcom

(Foto: Grande FM)


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *