plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

25 de abril de 2024 - 04:48

Rádio Livre aborda projeto de corredor gastronômico na região central

Ronilço Guerreiro é vereador e presidente da Comissão Permanente de Cultura da Câmara Municipal de Campo Grande. (Foto: Rogério Medeiros)

A revitalização da rua 14 de Julho, no centro de Campo Grande, completou quatro anos neste mês de novembro. A requalificação da rua foi entregue no dia 29 de novembro de 2019, com o objetivo de reduzir o fluxo de carros, a revitalização instalou ilhas de descanso, lixeiras especiais, bem com wi-fi gratuito, lâmpadas de led e calçadas largas. Com o objetivo de discutir o uso da rua após a obra, foi realizada nesta quarta-feira (29) uma audiência pública sobre a implementação de um Corredor Gastronômico, Turístico e Cultural na via.

Para falar sobre o assunto, o programa Rádio Livre, da Rádio E 104.7 FM, recebeu na manhã desta quarta-feira o vereador e presidente da Comissão Permanente de Cultura da Câmara Municipal de Campo Grande, Ronilço Guerreiro, que falou sobre as propostas do projeto, que tem como finalidade incentivar eventos culturais e gastronômicos na região central da cidade.

Segundo Ronilço, o conceito de ‘cidades em 15 minutos’, locais em que os moradores têm acesso a todos os serviços, comércio e lazer necessários, em uma distância de curta caminhada ou deslocamento, tem dominado as capitais e levado à pauperização dos antigos centros. O termo cunhado pela primeira vez em 2016 pelo urbanista e professor da Universidade Paris 1 Panthéon-Sorbonne, Carlos Moreno.

“Por que que o cidadão vai sair do bairro em que ele mora, onde ele encontra tudo, para vir até o centro. Eles revitalizaram todo o centro de Campo Grande, a 14 de Julho ficou linda, tem iluminação de led, tem árvores, colocaram calçadas largas, colocaram câmeras de seguranças e bancos”

“Só que esqueceram de um detalhe, os bancos estão vazios”

O projeto apresentado à câmara prevê a instalação de um corredor na rua 14 de Julho, entre os cruzamentos com a rua Marechal Rondon e a avenida Mato Grosso, que deve abrigar casas de shows, restaurantes, bares e eventos culturais.

“Essa audiência públicas que nós propomos é como se fosse um grande brainstorming, uma tempestade de ideias, vamos conversar sobre a cidade e a 14 de Julho que queremos, e ali nós vamos conversar com os fazedores de cultura, com o pessoal da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), com a Segurança, porque a região de Campo Grande precisa de segurança”.

Foto: Rogério Medeiros

Entre as ações previstas no projeto para atrair subsídios para os empreendimentos na região está o desconto no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) para os proprietários de imóveis da região, para que possam oferecer aluguéis mais atrativos para os comerciantes.

O projeto será discutido nas comissões permanentes da Câmara Municipal de Campo Grande, finalizadas as discussões nas comissões, o projeto será debatido e apreciado no plenário, onde poderá receber emendas dos demais vereadores da casa.

“Eu sempre falo que política se faz com diálogo e nós vamos construir juntos esse projeto. Vamos ceder um pouco aqui, outro cede ali, não vai agradar todo mundo, eu sei disso. Nessa audiência pública nós vamos ouvir, o papel de nós legisladores em uma audiência pública é ouvir”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *