plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

2 de fevereiro de 2023 - 14:19

Projeto “Lei Maria da Penha vai à escola” estreia palestra e debates com alunos da Escola Hércules Maymone

Campo Grande (MS) – Alunos do ensino médio da Escola Hércules Maymone foram os primeiros a receber o projeto “Lei Maria da Penha vai à escola” na manhã desta segunda-feira (10). Com palestras e debates, os estudantes puderam conhecer um pouco mais dos dispositivos e amparos da referida lei e os meios em caso de denúncias. Durante todo o mês de agosto a Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) por meio da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, vai levar o projeto “Roda de Conversa” aos alunos do ensino médio das escolas estaduais da Capital.

A subsecretária Luciana Azambuja Roca, disse que o objetivo maior é sensibilizar os alunos e conscientizá-los da necessidade de denúncia de todo caso de violência. “Todos temos o direito de viver sem violência e com informação temos a oportunidade de tentar mudar o pensamento do estudante e incentivá-lo a denunciar qualquer tipo de violência. Assim possibilitar uma sociedade justa e igualitária”, justificou Luciana.

SONY DSC
Diego Mariano, secretário-adjunto da Subsecretaria Estadual de Políticas da Juventude

Presente no evento o secretário-adjunto da Subsecretaria Estadual de Políticas da Juventude, Diego Mariano, afirmou que é necessário levar informação principalmente a jovens mulheres, “identificamos que as jovens precisam valer desse instrumento que é a Lei Maria da Penha. Elas precisam saber que há um instrumento legal que as ampara em caso de violência. Sabendo dos seus direitos, serão disseminadoras da informação”, destacou Diego.

Agosto foi escolhido por ser o mês no qual é comemorado a instituição da Lei Maria da Penha, marco legal que criou mecanismos para proteção da mulher e punição do agressor. Além de levar aos alunos do ensino médio orientação para combate à violência contra a mulher, o projeto também capacitará professores, para que tenham maiores e melhores condições de abordar o assunto sempre que se depararem com uma realidade de violação de direitos.

SONY DSC
Lorena Silveira, aluna do Hércules Maymone

Para a estudante do 3º ano do ensino médio, Lorena Silveira ,16 anos, o projeto é fundamental para levar conhecimento de como proceder em caso de violência. “É muito importante ter mais orientação sobre a Lei Maria da Penha, vejo apenas pela televisão, mas hoje vou entender como funciona e como posso denunciar”. A estudante disse que não tem caso de violência na família e desconhece que exista esse tipo de violência dentre seus amigos, porém se souber vai utilizar os meios de denúncia. “Se souber de alguém que sofre violência doméstica ou qualquer outro tipo, denuncio com toda certeza”, ressaltou Lorena.

As palestras e debates propõem uma reflexão acerca da violência contra a mulher, no âmbito doméstico, familiar e afetivo. Orientar esses alunos quanto à necessidade de combater as violências contra mulheres, jovens e meninas. E desenvolver ações de prevenção, informando os locais de atendimento à mulher em situação de violência, para acolhimento e denúncias.

SONY DSC

Disque 180 – Importante ferramenta de denúncia, o 180, criado em 2005, serve de canal direto de orientação sobre direitos e serviços públicos para a população feminina em todo o País (a ligação é gratuita).

Solange Mori (Assessoria e Vice-Governadoria e Sedhast)

Fotos: Xuxa

Fonte: Notícias MS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *