plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

4 de março de 2024 - 17:02

Projeto “Harmonia e Esperança” leva música para pacientes e funcionários do Hospital Auxiliadora em Três Lagoas

Músicos de Três Lagoas emocionaram a todos essa semana ao se apresentarem aos pacientes do Hospital Auxiliadora com o projeto “Harmonia e Esperança”, do Núcleo de Música da Diretoria Municipal de Cultura, que   leva música para pacientes e funcionários do Hospital Auxiliadora. De acordo com o Maestro Francis David Vidal, o projeto foi pensando para atender os pacientes, familiares e funcionários do hospital.

“Fomos em um trio, comigo tocando Violino, Viola de Arco (erudita) com o Luis Henrique Macedo e Violão com o Jonh Denner. Todos usamos itens de segurança (touca, máscara, avental) e tocamos nas alas de internação (com exceção da ala de COVID-19, a qual ficamos tocando na parte externa), na ala de hemodiálise e oncologia”, disse.

Francis relembrou que foi maravilhoso ver a emoção das pessoas ouvindo suas músicas e, principalmente, sentir a sensação de esperança no ar, além da conexão espiritual das pessoas.“Perceber que o nosso trabalho pode levar todas estas sensações, sendo um aditivo no meio de tantas terapias que as pessoas estão recebendo ali, ou seja, a música ser mais uma forma de tratamento acrescido a estas pessoas”, disse.

 

VEJA NO LINK ABAIXO A APRESENTAÇÃO

https://www.instagram.com/tv/CIn2rLbhKmS/?igshid=eokrnlqce2r1

O maestro confessou ainda que é até difícil manter o controle emocional em um momento desse. “Nós nos envolvemos com o momento e com certeza transcendeu o ofício profissional, pois envolveu todos os sentimentos, profissional, espiritual, doação ao próximo… enfim, fizemos com muito carinho e queremos continuar com esta missão ainda mais sabendo a importância de ações como estas em momentos como a que estamos todos vivendo”, disse.

PROJETO VAI CONTINUAR

De acordo com o maestro, a meta do projeto é levar música aos hospitais, asilos e casas de repouso onde as pessoas precisam de ânimo.“A nossa ideia é a partir de janeiro ir mensalmente nestes locais de convalescença levar um pouco de alegria que só a música é capaz de proporcionar. Queríamos ter começado antes, mas em razão da Pandemia tivemos que adiar”, explicou Francis.

.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *