plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

20 de junho de 2024 - 12:18

Presidente da Fundect anuncia financiamento de pesquisas sobre mudanças climáticas

Em entrevista na manhã desta terça-feira (11 de abril) ao programa Rádio Livre, transmitido ao vivo pela Rádio 104,7 FM Educativa, o o diretor-presidente da  Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul), Márcio Pereira, anunciou um edital exclusivo para financiar pesquisas sobre mudanças climáticas, efeitos e prognósticos.

A proposta se baseia em um dos nortes da gestão estadual, que busca neutralizar nos próximos anos a emissão de carbono na atmosfera, principal causa das alterações climáticas que, segundo Márcio Pereira, já são perceptíveis e identificadas pela ciência.

“As mudanças climáticas já chegaram, estão ai. Com o suporte deste edital exclusivo para pesquisas nesta área poderemos ter mais previsibilidade”, explicou o diretor da Fundect, que garantiu também que a produção acadêmica financiada pela instituição elevará  ainda mais o conceito científico de Mato Grosso do Sul.

Investimentos em pesquisa

Em parceria com a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação), a Fundect ofertará mais de R$ 10,7 milhões em novas bolsas para programas de pós-graduação em 2023. O total é referente a soma de R$ 8,8 milhões da Capes e R$ 1,9 milhão de contrapartida estadual.

Os recursos serão distribuídos entre Programas de Pós-Graduação (PPGs), com notas 5 e 6 na avaliação da Capes, que foram escolhidos pelas próprias universidades de Mato Grosso do Sul, nos quais as linhas de pesquisa estão alinhadas com os projetos apresentados pela Fundect, sendo eles:

1 – Bioeconomia e biotecnologia para a preservação da biodiversidade;

2 – Cidades inteligentes e sustentáveis;

3 – Novos desafios para a saúde e educação após a pandemia de Covid-19;

4 – Desenvolvimento de agronegócio diversificado e sustentável.

A previsão é de que mais de 100 bolsistas recebam o benefício.

Confira a entrevista completa no Rádio Livre desta terça:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *