plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

No Dia Internacional da Mulher, live especial lançará campanha sobre protagonismo feminino

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Mulheres do Corpo de Bombeiros farão ação solidaria para doação de sangue

Lugar de mulher é onde ela quer – com a missão de conscientizar as mulheres, e toda a população, em relação ao protagonismo feminino. É levando essa mensagem que o Governo do Estado, por intermédio da Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres, realizará uma live especial no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher.

Na live, transmitida pelo Facebook do Governo do Estado, será lançada a campanha “O protagonismo das Mulheres Sul-Mato-Grossenses”. O evento será transmitido do auditório da Governadoria, entre 8 e 9 horas, com a participação da subsecretária de Políticas Públicas Para as Mulheres, Luciana Azambuja .

Para a secretaria, a data tem como finalidade mostrar a importância do protagonismo e do empoderamento feminino para a equidade de gênero. “A campanha desse ano reafirma a mensagem de que o protagonismo das mulheres tem a ver com mais respeito aos direitos, mais igualdade de oportunidades e maior participação nas decisões”.

Março

Luciana Azambuja abre live do Dia Internacional das Mulheres

Durante todo mês serão realizadas diversas oficinas de capacitação que irão qualificar o atendimento prestado nos serviços públicos às mulheres em situação de violência. Histórias inspiradoras, de mulheres que se tornaram protagonistas de suas vidas, será o mote durante os eventos; “lugar de mulher é onde ela quiser”. A programação completa ainda será divulgada.

Este ano, devido à pandemia, todas as iniciativas serão realizadas no meio virtual, mas a programação conta com eventos quase todos os dias. “Ficaremos conectadas”, ressalta Luciana que destaca ainda a relevância do tema desta edição: “nos últimos anos, as mulheres têm alcançado posições de liderança em cargos estratégicos e reconhecemos a importância disso numa sociedade democrática, mas ainda falta muito para alcançarmos a verdade equidade de gênero”.

Subsecretaria de Comunicação, Subcom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *