Mudança de hábitos de vida e alimentação saudável foram temas do Bom Dia Campo Grande

Compartilhe:

Nazira Scaff. Foto: Pedro Amaral

Como garantir mais saúde e uma longevidade com qualidade e sem medicamentos? A médica homeopata e responsável pelo Instituto Aleema, Nazira Scaff, falou sobre o assunto no programa Bom Dia Campo Grande, da 104.7 FM Educativa.

“ A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta para o aumento das doenças crônicas provocadas, entre outros fatores, pela industrialização dos alimentos e pela sobrecarga mental. O problema gera uma catástrofe econômica porque diminui a produtividade. Precisamos estar atentos ao que comemos, aos cosméticos que usamos, aos produtos de limpeza utilizados”, informou Nazira, destacando a agressividade dos elementos citados.

Há seis anos foi criado o Instituto Aleema, que cumpre um objetivo básico de acordo com a médica.

“Fazemos um treinamento, um preparo da pessoa para o autocuidado, com um propósito educativo. Nestes seis anos de atividade, o Instituto Aleema atendeu mais de 400 famílias transformando a vida de muitas pessoas, em especial com mudanças na alimentação. Fazemos a medicina do autocuidado para reduzir o adoecimento crônico na sociedade”, enfatizou.

Para Nazira a mudança de hábitos de vida requer uma alteração do que as pessoas põem na mesa para se alimentar.

“Existem muitos aditivos químicos na comida que geram doenças alimentares, problemas no intestino, dores no corpo, aumento das taxas de colesterol e açúcar, crescimento das doenças cardiovasculares, falta de vitaminas. Recomendo a adoção de hábitos simples, naturais para reverter essa situação. Quando as pessoas se alimentam melhor melhora igualmente o estresse, o sono, o corpo se recupera das toxinas quando se tira os fatores agressores. Por isso é importante prestar atenção no que comer, nos cosméticos que se vai usar, na escolha da atividade física adequada para se praticar”, reitera.

A homeopata recomenda: “trocar os alimentos refinados pelos produtos integrais, tirar os açúcares, que são um costume social, o afeto está relacionado aos açúcares, consumir alimentos orgânicos (produção sem agrotóxicos)”.

Ao final da entrevista, Nazira lançou um questionamento: “São os problemas que nos estressam ou é nossa capacidade de lidar com a vida que nos estressa?”

Se você se interessou pelos tópicos abordados no programa e quer mais informações sobre o tema basta acessar o site do Instituto Aleema: https://www.institutoaleema.com.br/

Bom Dia Campo Grande – atração da 104.7 FM veiculada de segunda à sexta-feira, das 7h às 8h, na rádio e no portal da educativa. Apresentação: Anderson Barão e Maristela Cantadori. Produção: Livia Machado e Eliane Costa. Coordenação: Rose Rodrigues.


Compartilhe:

One Comment on “Mudança de hábitos de vida e alimentação saudável foram temas do Bom Dia Campo Grande”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *