plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

21 de abril de 2024 - 13:31

Jornal do Rádio: Novos defensores chegam aos municípios no começo de novembro, diz Defensor Público Geral

Investimento do Governo do Estado vem garantir acesso à assistência jurídica integral gratuita aos mais carentes

Na manhã desta terça-feira (27) Anderson Barão e Lívia Machado falaram no Jornal do Rádio dos principais fatos do começo do dia e conversaram ao vivo com o Defensor Público Geral de Mato Grosso do Sul Luciano Montalli, que falou da posse de 35 novos defensores para o quadro.

O certame, que iniciou em 2014, teve três mil candidatos, cinco fases e foi homologado em maio deste ano. O defensor prevê que as nomeações aconteçam no próximo dia 3 de outubro e o atendimento à população, após posse e curso preparatório aos novos defensores, comece em 7 de novembro.

“Temos um déficit muito grande, e quem sofre é o interior. A posse dos novos defensores, garantida pelo Governo do Estado, vem suprir a demanda e garante atendimento da Defensoria Pública em todas as comarcas de MS”, pontuou Montalli. Segundo o defensor, “o Governo elegeu como uma das prioridades garantir acesso ao direito de assistência jurídica integral gratuita aos mais carentes e, mesmo diante da crise econômica, possibilitou este investimento”.

Além da atuação pela via judiciária, Montalli disse também que hoje a Defensoria investe em câmaras de conciliação. Dessa maneira, segundo ele, “conseguimos evitar a judicialização de muitas demandas, garantindo solução rápida aos conflitos, desafogando o sistema”. Destacando a forte atuação da Defensoria mesmo diante de um déficit de pessoal, Luciano lembrou que “todos somos pessoas e precisamos ter nossos direitos respeitados. A Defensoria Pública está aí para colaborar. Agradecemos ao governador Reinaldo Azambuja por oportunizar esses investimentos e levar justiça à população carente”.

Educação Física nas grades curriculares

Ubiratan Brito de Melo, presidente do Conselho Regional de Educação Física de MS, também conversou ao vivo com Lívia Machado e Anderson Barão e demonstrou preocupação com a intenção do Governo Federal em promover mudanças na grade curricular do ensino médio. Dentre elas, a de tornar opcional a escolha por cursar Educação Física.

“A disciplina é importante em vários sentidos. A Organização Mundial da Saúde, por exemplo, reconhece a atividade física como fator fundamental para o desenvolvimento motor das crianças. Para elas e para os adolescentes, ela pode evitar problemas de saúde futuros, garantindo melhor qualidade de vida”, explicou Ubiratan.

Ele lembrou também que em Mato Grosso do Sul projeto de lei em trâmite na Assembleia Legislativa visa tornar obrigatória a disciplina no estado. A proposta está sendo analisada pelas comissões competentes, para em seguida ser votada em plenário. Lei semelhante já existe no estado de São Paulo.

Texto: Thiago Frison

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *