plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Governo de MS e Petrobras discutem futuro da arrecadação do ICMS do gás boliviano

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Nesta quinta-feira (23), às 8h (horário de MS), na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, representantes do Governo de Mato Grosso do Sul irão se reunir com o secretário de Fazenda Márcio Monteiro e o diretor executivo de Refino e Gás Natural da Petrobras, Jorge Celestino Ramos, para discutir a queda da receita do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do gás natural boliviano.

Na reunião, será apresentado o desequilíbrio financeiro causado pela Petrobras aos cofres do Estado com a redução das importações do gás boliviano, que gerou um prejuízo acumulado de R$ 939 milhões na arrecadação do ICMS desde 2015.

Segundo o Governador Reinaldo Azambuja, a reunião é uma forma  de tentar procurar uma solução para minimizar o impacto negativo causado ao Estado. “O encontro dessa quinta-feira é o primeiro passo para a discussão de um acordo efetivo entre a Petrobras e o Governo, que minimize o impacto negativo na receita do Estado. Estamos confiantes que a Petrobras vai apresentar uma equação financeira favorável a Mato Grosso do Sul”.

Foto: Arquivo

Informações: Portal do MS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *