Exposição Olhares da Notícia conta a história de Campo Grande através de imagens

Compartilhe:

A exposição “Olhares da Notícia” reunirá a partir de amanhã (5) no Espaço Cultural Jornalista Aldo Olarte de Souza, no Palácio das Comunicações J. Barbosa Rodrigues, imagens dos fotojornalistas Roberto Higa, Valentim Manieri e Nilson Pinto de Figueiredo.

As fotografias contam parte da história dos 119 anos de Campo Grande, celebrados no último 26 de agosto. A exposição é aberta ao público em horário comercial na sede da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul). A inauguração da exposição acontece nesta quarta-feira, a partir das 19:30, no Espaço Cultural da TVE Cultura e contará com a presença dos fotojornalistas em vernissage aberta ao público.

Sobre fotografia, Roberto Higa comenta: “Fotografar para mim é bem mais que um clicar de máquina, mais que técnica, mais que luz e sombra. A minha fotografia é o meu olhar que se indigna e denuncia, que respeita e pede socorro, que vê beleza e poesia, que descobre o que está oculto, que dá vida e alma, que eterniza o momento e a história.” Com 66 anos de idade e 50 de profissão dedicados à fotografia, Roberto Higa, ou simplesmente Higa, é o fotógrafo responsável por contar a história de Campo Grande e do MS através de suas lentes. Ele foi o primeiro expositor de fotojornalismo no antigo Estado de Mato Grosso, e em 1977, após a divisão do Estado, também realizou a primeira exposição de fotografia de recém-criado Estado de Mato Grosso do Sul.

Nilson Pinto de Figueiredo atua na área da fotografia há mais de 40 anos. Trabalhou nos jornais O Palanque, Correio do Estado, Folha de Campo Grande e Primeira Hora, além de ter sido fotógrafo do governo Marcelo Miranda e do prefeito Lúdio Coelho. Apesar de ter demorado a aderir à fotografia digital, Nilson considera hoje um grande avanço ao fotojornalismo. Sobre sua relação com a profissão, Nilson pondera: “A fotografia hoje já está no sangue, na alma. Como é bom memorizar e registrar tudo que observamos na rapidez de um raio.”

O fotojornalista Valentim Manieri atua na área desde os anos 80 tendo trabalhado em jornais como a Gazeta do Povo e o Jornal de Londrina, ambos no Paraná, e no Diário do Pantanal e no Estado, depois que se mudou para Campo Grande.

O Espaço Cultural Jornalista Aldo Olarte de Souza, o Espaço Cultural da TVE Cultura, é aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e a entrada para a exposição é franca. Instituições podem agendar visitas de grupos ao local e aos estúdios da Fertel pelo telefone (67) 3318-3872, com a curadora do espaço, Ana Rita Moraes.


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *