plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

22 de abril de 2024 - 09:04

Encontro discute exploração sexual de crianças e adolescentes em região de Fronteira

Nos dias 28, 29, 30 e 31 de julho, será realizado o 3º Encontro sobre o Enfrentamento da Exploração sexual de Crianças e Adolescentes em Região de Fronteira. O evento vai abordar políticas para o enfrentamento e contribuir para a visibilidade do assunto em pesquisas acadêmicas.

O público-alvo é o corpo docente das Redes Municipais de ensino de Corumbá e Ladário e demais interessados. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 26, por meio de formulário eletrônico. O evento será totalmente on-line.

“Em razão da indicação de atividades e ações protetivas durante a pandemia da Covid-19, pelo plano local de biossegurança, pensamos a terceira edição do evento de forma on-line. O nosso objetivo é proporcionar conhecimento referente a temática e possibilidade de compreensão do assunto, além de abordar sobre ações legais, políticas, municipais e educacionais presentes em Corumbá e Ladário”, destaca Suellen Carvalho de Góes Preza, acadêmica e coordenadora adjunta do Grupo PET Interdisciplinar Pedagogia e Psicologia.

O evento é organizado pelo Grupo PET Conexões do CPAN, coordenado pelo professor Luis Fernando Galvão. O coordenador explica que as atividades do grupo, em razão da pandemia, tiveram que ser reorganizadas. “Eventos já previstos, como este “3º Encontro sobre o enfrentamento da Exploração Sexual de crianças e adolescentes em região de Fronteira”, precisaram tomar a forma de evento a distância. As reuniões obrigatórias semanais continuam acontecendo, mas agora, por meio do Google Meet, e é dessa forma que são atualizadas as atividades desenvolvidas pelo grupo – previstas no Planejamento Anual”, destaca.

Galvão reforça ainda que, “o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes é um tema de interesse interdisciplinar e tem especial relevância nas regiões de fronteira, como a de Mato Grosso do Sul – Bolívia, dado o fato dos índices relacionados a crimes sexuais serem bastante elevados em relação à média nacional. Considerando as implicações da pandemia, incluindo o isolamento social, que demanda das pessoas maior tempo de permanência em suas casas, observa-se uma maior exposição de criança e adolescentes a potenciais abusos, uma vez que a maior parte das ocorrências se dá no contexto familiar ou próximo à vítima. Nesse sentido, a importância da realização do evento, como uma forma de fomentar a discussão e reflexão sobre o tema e com isso, contribuir com a formação e o aprimoramento de acadêmicos de Psicologia, Pedagogia e demais licenciaturas, profissionais da área de Saúde, Educação e Assistência Social”, finaliza.

Programação

  • Dia 28 de julho, terça-feira

“Exploração Sexual de crianças e adolescentes: definições, contribuições legais para seu enfrentamento e implicações na saúde das vítimas”

Convidadas: Dr.ª Ludmila de Paula Castro Silva, Procuradora do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, Suzete dos Santos, Psicóloga do Núcleo Psicossocial do Ministério Público Estadual em Corumbá e Daianny Garcia do Nascimento, psicóloga do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil de Corumbá.

  • Dia 29 de julho, quarta-feira

“Falando sobre Exploração Sexual de crianças e adolescentes em região de Fronteira: indicadores e ações do Município de Corumbá e Ladário”

Convidada: Prof.ª Dr.ª Cláudia Araújo de Lima, docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Curso de Pedagogia da UFMS no Campus do Pantanal.

  • Dia 30 de julho, quinta-feira

“Desafios na sala de aula na identificação de casos suspeitos de violência sexual e relatos de experiência”

Convidadas: Psicóloga Bruna Fernanda Santos Silveira, Gestora de Práticas Educacionais da Prefeitura Municipal de Ladário e Tereza Cristina Cardoso do Rosário, Licenciada em Pedagogia pela UFMS no Campus do Pantanal.

  • Dia 31 de julho, sexta-feira

“Rede de proteção durante a pandemia: vigilância em casos de violência sexual contra crianças e adolescentes durante o distanciamento social”

Convidadas: Cristiane Ligie, psicóloga do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador e Penélope Dawkler H. Moraes, coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social.

Durante o evento, estão programadas palestras por videoconferência e debates. Os encontros serão transmitidos em plataformas digitais como YouTube e Google Classroom, sempre às 18h30 (horário de MS). Será emitido um certificado para quem participar de 75% da carga horária total do evento.

Texto: Bárbara de Menezes (Rádio Educativa UFMS) e Elissandra Cristina Ramalho (Agecom/Cpan)

FONTE: UFMS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *