plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

23 de abril de 2024 - 07:35

Defesa Civil e Inmet alertam para chuvas intensas nos municípios da região norte do Estado

A região centro-norte de Mato Grosso do Sul está sob alerta de chuvas intensas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) são esperadas chuvas com acumulados entre 50 a 100 mm e ventos intensos que podem atingir entre 60-100 km/h, podendo provocar corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas. O aviso é válido até esta quinta-feira (6) as 10h.

Diante disso, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil disparou alerta de SMS para os números cadastrados no 40199. Ao todo 30 municípios estão incluídos no aviso: Água Clara, Alcinópolis, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bodoquena, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Inocência, Jaraguari, Ladário, Miranda, Paraíso das Águas, Paranaíba , Pedro Gomes, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Sonora e Três Lagoas.

Outros 29 municípios, incluindo a capital Campo Grande, estão sob alerta para chuvas que podem atingir acumulados de até 50 mm/dia e ventos de intensidade entre 40-60 km/h.

Alertas Defesa Civil

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul conta com um serviço de SMS que dispara alertas diversos para o cidadão cadastrado.

O serviço oferecido gratuitamente é uma ferramenta importante pois os alertas vêm com orientações. Para aderir ao sistema, o cidadão deve enviar mensagem de texto para o número 40199 com o CEP da residência.

A partir do cadastramento, o telefone e o endereço são automaticamente incluídos na lista de envio dos alertas sempre que houver risco de desastres naturais na região indicada.

Vale ressaltar que a ferramenta não se trata de previsão do tempo, mas de alertas que serão enviados sempre que houver situação que requeira atenção especial ou medidas preventivas.

Mireli Obando, Subcom
Foto: Saul Schramm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *