plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Copa Brasil de Paracanoagem definirá representantes brasileiros em eventos internacionais da temporada

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

A capital sedia, nesta sexta-feira (25) e sábado (26), a primeira etapa da Copa Brasil de Paracanoagem, competição nacional que vai definir os representantes brasileiros nos eventos internacionais da temporada 2022. A Copa será disputada no lago do Parque das Nações Indígenas, com organização da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), junto à Federação Estadual (FCaMS). O Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), é o maior apoiador do evento. As provas terão início às 8 horas.

De acordo com a Federação Internacional de Canoagem (IFC, na sigla em inglês), as duas competições internacionais previstas no ano são a Copa do Mundo e o Campeonato Mundial de Paracanoagem, que acontecerão, respectivamente, em Poznan (Polônia), de 26 a 29 de maio, e Halifax (Canadá), entre os dias 3 e 7 de agosto.

Atletas de renome da modalidade participarão das disputas na capital, entre eles o sul-mato-grossense Fernando Rufino, o “Cowboy de Aço”. Nascido em Eldorado e criado em Itaquiraí, Rufino é beneficiário do Bolsa Atleta, programa do Governo do Estado organizado pela Fundesporte. O canoísta conquistou a medalha de ouro nas Paralimpíadas de Tóquio-2020, maior feito da paracanoagem brasileira no evento mais visado do planeta.

“Me sinto bem preparado, tanto fisicamente quanto psicologicamente, o que é muito importante”, conta o atleta, que faturou a “douradinha” nos 200 metros da classe VL2 (canoa havaiana para atletas com deficiência física). Além da medalha, Rufino também fez história chegando à melhor marca dos recordes da prova, com 53s077.

Mesmo com o histórico extenso de competições, essa é a primeira vez que o atleta compete a nível nacional em seu próprio estado. “A competição será no lugar onde remei pela primeira vez, onde entrei no meu primeiro barco. Vou poder receber aqui em meu estado meus amigos de profissão e de competição. Para mim, esse é um motivo de muita alegria”, revela Rufino.

“Para nós é uma honra receber um evento deste porte em nosso estado, ainda mais com atletas de alto nível representando nosso povo”, declara o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda. “Essa competição será decisiva para decidir os representantes brasileiros perante o mundo, e com certeza esperamos que Mato Grosso do Sul esteja presente nessa seleção”, conclui Miranda.

Além de Rufino, também estarão na água os paratletas Giovane Vieira (Pantera Negra), Caio Ribeiro e Luís Carlos Cardoso. Todos têm história nas Paralimpíadas e buscam em Campo Grande a classificação para as competições internacionais. A competição é organizada pela Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), em conjunto à Federação Estadual (FCaMS), com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundesporte.

Clara Rockel e Lucas Castro – Fundesporte
Foto de destaque: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.