plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

25 de julho de 2024 - 05:45

Chapa 2 encabeçada por Turine e Camila lidera votação nas prévias para nova gestão da UFMS

A chapa 2, do reitor Marcelo Turine e da vice-reitora Camila Ítavo, ficou em primeiro lugar na consulta à comunidade universitária para a elaboração das listas tríplices para gestão da UFMS, no quadriênio 2020-2024. No total, 7.903 pessoas votaram hoje pelo sistema e-votação UFMS, uma participação 9,7% maior da comunidade em relação à última consulta, realizada em 2016.

De acordo com a apuração, somaram-se 1.344 votos válidos de docentes, 1.220 de técnicos-administrativos e 5.339 de estudantes. Foram computados 149 votos em branco e 177 nulos.

Vencedora, a chapa 2 obteve votos de 2.068 estudantes, 687 técnicos e 754 docentes, somando 42,44% dos votos válidos. A chapa 3 recebeu votos de 1.555 estudantes, 394 técnicos e 430 docentes, totalizando 24,45% dos votos válidos. A chapa 5 teve 460 votos de estudantes, 80 de técnicos e 85 de docentes, somando 4,94% dos votos válidos. E a chapa 1 foi escolhida por 1.256 estudantes, 59 técnicos e 75 docentes, somando 4,78% dos votos válidos.

“O processo de consulta da UFMS ocorreu em total tranquilidade, foram três intercorrências apenas, todas devidamente corrigidas, nada comprometeu a segurança do sistema de votação. O sistema é robusto, confiável e nos mostrou rapidamente o resultado dessa consulta importante para a UFMS”, declarou o presidente da Comissão Executiva Central, Henrique Mongelli.

Mongelli explica que a abertura das urnas foi feita com as chaves de criptografia e o mesmo computador usado para inserção dos votantes aptos com a configuração das urnas que ficaram lacradas sob a guarda da Polícia Federal. “Estiveram presentes no local da apuração um perito e um agente da Polícia Federal. O observador do Tribunal Regional Eleitoral-MS participou remotamente. E membros da Comissão Executiva Central, da Comissão Especial de Acompanhamento e dos fiscais das chapas acompanharam a apuração on-line para garantir toda a lisura do processo”, assegura. “Todos nós somos funcionários públicos federais, sabemos da nossa responsabilidade, da nossa dedicação e temos consciência de que respondemos pelos nossos atos, então todos trabalharam com toda a responsabilidade para tornar esse evento, que é importante para nossa Universidade, em uma festa da democracia, quando nós podemos depositar nossas aspirações nos candidatos escolhidos”.

Os servidores e estudantes da Universidade tiveram das 8h às 21h (horário de Mato Grosso do Sul) para participar da consulta pública, com voto direto e secreto, não obrigatório e em apenas uma chapa. Por conta da pandemia da Covid-19, o processo foi inteiramente on-line pelo Sistema de Votação Eletrônica intitulado e-Votação UFMS, para respeitar as normas de distanciamento social.

Aprovado pelo Colégio Eleitoral da Universidade, o sistema possui como características o sigilo, a privacidade, a rastreabilidade, a integridade dos dados, a apuração dos votos e a comprovação, e é usado em processos de escolha desde coordenadores de curso a reitores.

Na UFMS, todas as normas do processo de consulta à comunidade universitária para elaboração da lista tríplice foram aprovadas pelo Colégio Eleitoral, composto pelos integrantes dos Conselhos Superiores da Instituição. Dentre as normas aprovadas, estão a coordenação do processo pela Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação (Agetic) e a possibilidade de alteração do voto com o sistema anti-coerção da plataforma Helios Voting até o fechamento do horário da votação.

“Apesar de alguns usuários terem relatado problemas com o sistema, a equipe técnica verificou rapidamente as duas principais dúvidas que foram relacionadas à cédula e a possibilidade de votação mais de uma vez e pôde demonstrar que não havia problemas no sistema e-Votação. A equipe da Agetic preparou um plantão especial para a consulta e atendeu aproximadamente 150 chamados durante todo o dia, que estavam relacionados principalmente a dúvidas e dificuldades de acesso ao sistema. Do ponto de vista técnico, a avaliação final é que o processo de consulta foi bastante simplificado com o uso do sistema e que ocorreu tudo conforme o planejamento da Agetic”, declara o responsável pelo sistema e-Votação UFMS na consulta à comunidade universitária, Gregório Takashi Higashikawa.

Além disso, para assegurar a idoneidade, a lisura e a legalidade, o processo foi acompanhado por representantes de entidades externas à UFMS. “A importância do evento ficou evidente nas práticas adotadas durante a preparação das urnas no sistema. Contou com observadores, da própria Instituição e de fora durante todo o processo, de forma presencial ou por videoconferência, em uma nítida preocupação com a transparência das atividades de preparação das urnas”, ressalta Adriano Dias Ferreira Dutra Júnior, técnico judiciário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS).

A apuração dos votos foi realizada no auditório da Faculdade de Computação, na Cidade Universitária, com transmissão ao vivo pelo canal da TV UFMS no Youtube.

O resultado da consulta será homologado pelo Colégio Eleitoral. A composição da lista tríplice, que será enviada ao Ministério da Educação, também será votada pelo Colégio Eleitoral.

Em 2016, ano da última consulta à comunidade universitária, participaram 7.139 membros da comunidade universitária, sendo 1.111 docentes de 1.366 (81,33%), 1.436 técnicos-administrativos de 1.983 (72,41%) e 4.592 estudantes de um total de 19.833 (23,15%).

O processo de escolha dos dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior é regulamentado pelo Decreto 1.916, de 23 de maio de 1996, nos termos da Lei 9.192, de 21 de dezembro de 1995. A lista tríplice dos nomes para o cargo de reitor e vice, e todo o processo de consulta à comunidade universitária devem ser encaminhados ao Ministério da Educação até sessenta dias antes do final do mandato atual.

Texto: Ana Carolina Monteiro e Leticia Bueno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *