plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

27 de maio de 2024 - 14:45

Centro Cultural promove mostra coletiva com obras sul-mato-grossenses

Tinta a óleo ou acrílica. Pinturas e esculturas. Veteranos e nomes revelados recentemente. É no encontro de diferentes materiais, suportes e técnicas, estilos e gerações, repertórios e propostas estéticas que se dá a combustão criativa da mostra “Entrosamento” nos sentidos de quem a percorre.

A exposição coletiva no Centro Cultural José Octávio Guizzo reúne mais de 30 nomes das artes visuais de Mato Grosso do Sul e permite um alentado vislumbre no que de mais vigoroso se produziu no Estado em termos de experimentação, exercícios formais, pesquisas temáticas e o desenvolvimento de estilos próprios bem singulares, que, se tomados em conjunto, flagram tanto modos de vida – o way-of-life sul mato-grossense – quanto expressões artísticas intransferíveis em sua identidade.

Assim, cobrindo um arco de tempo de várias décadas, temos Lídia Baís, Humberto Espíndola e Wega Nery, que estão entre os que construíram os cânones de uma expressividade moderna e contemporânea na arte de MS, ao lado do olhar inventivo da jovem Isabê; e ambos entremeados por outros criadores de divisa, a exemplo de Jorapimo, Ilton Silva, Ana Ruas, Edson Castro. Sem falar na figura ímpar de Mariano, o neto de Conceição dos Bugres, com sua revisita profunda e comovente no material vegetal, representada na mostra por meio do trabalho de um de seus descendentes de família e de arte.

Foi para puxar o fio dessas potências, fluências e até mesmo as eventuais clivagens que o liame da mostra “Entrosamento” foi tecido. Quem entrosa os caminhos do abstrato ao figurativo, do engajamento ao relato mais pessoal, do lirismo beletrista à técnica que se sobressai ao tema, do naif ao apuro de repertório, do regionalismo ao vetor trans-fronteira deve ser quem se dispõe a olhar.

Conversas, abraços, apertos de mão e piscadelas com pedaços preciosos da arte de Mato Grosso do Sul aguardam o visitante que se dispor a mergulhar no tour multicor e simpático – pelas galerias Wega Nery e Ignez Corrêa da Costa do Centro Cultural – que esse entrosamento proporciona. Confira o nome de todos os artistas em exposição e faça parte dessa viagem:

Alice Yura/ Ana Ruas/ Aurea Katsurem/ Beto Lima/ Dagoberto Pedroso/ Edson Castro/ Evandro Prado/ Fábio Maurício / Fernando Marson /Galvão / Ghva/ Henrique Spengler/ Humberto Espindola/ Ignez Corrêa da Costa/ Ilton Silva/ Irani Bucker/ Isabê/ Joni Lima/ Jonir Figueiredo/ Jorapimo/ Julio César Álvares / Laís Doria/Lídia Bais/  Lúcia Martins/ Mauro Yanaze/ Neide Ono/ Patrícia Rodrigues/ Paulo Rigotti/ Priscila Pessoa/ Rafael  Maldonado/ Thetis Selingardi/ Yuri Dias/ Zila Soares/ Wega Nery

A curadoria é de Willian Gama e Patricia Rodrigues, com consultoria de Carlos Marques Medeiros. Colaboradores: Anderson Ortiz e Ilva Canale.

A coordenadora do Centro Cultural José Octávio Guizzo, Luciana Kreutzer, disse que a quantidade de público para a exposição tem sido grande: “Estamos com esta exposição coletiva com mais de 30 artistas de renome que fazem parte da construção da história da arte no Estado, a gente tem inclusive artistas da década de 1950, 1960, que são muito importantes e tiveram repercussão nacional. A maior importância deste retorno do Centro Cultural é ter um espaço onde a arte se manifeste e onde a gente levante discussões sobre a arte, o lugar da arte. Eu percebo a partir da inauguração do Centro Cultural, nas duas últimas semanas, o tanto de público que a gente teve, o tanto de visitação que já teve até agora, fica claro o quanto as pessoas estão carentes desses espaços onde a arte acontece, onde existe o espaço para os artistas poder propagar sua arte. A partir disso todos os diálogos começam a acontecer”.

A exposição “Entrosamento” pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 17 às 21 horas. O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na Rua 26 de agosto, 453, Centro.

Com reportagem da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul

Fotos: Daniel Reino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *