plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

18 de junho de 2024 - 12:02

Cemtec prevê quinta-feira de céu claro e calor de até 40ºC na véspera do verão

Temperaturas seguem elevadas em todo o Estado e, com isso, favorecem a formação de nuvens e ocorrência de chuvas isoladas à tarde

Pantanal de Mato Grosso do Sul, onde temperaturas vão de 35ºC, na região de Corumbá, a 38ºC em Murtinho. (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom/Arquivo)
Pantanal de Mato Grosso do Sul, onde temperaturas vão de 35ºC, na região de Corumbá, a 38ºC em Murtinho. (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom/Arquivo)

O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos) prevê que a quinta-feira (20), véspera do verão, será de céu claro a parcialmente nublado em todo o Mato Grosso do Sul, com as temperaturas chegando aos 40ºC na região Leste do Estado. O calor vai favorecer a formação de nuvens e, por isso, pode chover em pontos isolados a partir da tarde.

As condições de baixa umidade do ar continuam, com os percentuais variando entre 85% e 30%. Com isso, é mantido o alerta quanto a cuidados com a saúde (a baixa umidade agrava problemas respiratórios e irritações na pele e olhos), como evitar atividades ao ar livre nos horários de maior calor e não realizar manejo de fogo, já que a condição atmosférica favorece o alastramento de incêndios.

As temperaturas máximas para o dia vão superar facilmente os 30ºC, segundo o Cemtec. Água Clara deve registrar 40ºC; Ivinhema, os 39ºC; e Porto Murtinho, 38ºC. Dourados deve ter calor de 37ºC. Em Três Lagoas e Coxim, a máxima esperada é de 36ºC, e de 35ºC em Corumbá. Já Campo Grande deve registrar calor de 34ºC. Confira mais temperaturas no mapa abaixo:

El Niño

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) prevê a chegada do verão às 19h22 (de MS) desta sexta-feira (21) e va até 20 de março de 2019. A estação é marcada por dias mais longos e deve ser marcada pelo forte calor associado a muitas chuvas e chances de queda de granizo, ventos de moderados e forte e descargas elétricas, em especial no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

Para o Centro-Oeste, a expectativa é de chuvas ocasionadas pela atuação da ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul), que também influencia o Sudeste. A temporada cria expectativas positivas para a agropecuária e geração de energia hidrelétrica, com o abastecimento de reservatórios.

O Brasil será atingido por efeitos do El Niño –aumento das chuvas em decorrência do aquecimento de águas no oceano Pacífico–, embora de intensidade baixa ou moderada, ocasionando chuvas.

Ainda sobre o Centro-Oeste, o Inmet lembra que a região registrou chuvas acima da previsão climatológica na primavera, incluindo em Mato Grosso do Sul –onde houve temporais com alagamentos em várias regiões. Para o verão, a probabilidade ainda é de chuvas entre normal e ligeiramente acima da média, com exceção no Sul de Mato Grosso do Sul, que pode registrar precipitação abaixo do previsto e calor acima da média (assim como o Norte do Estado).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *