plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de junho de 2024 - 02:14

Blues & Derivados homenageia o guitarrista Roy Buchanan

O guitarrista Roy Buchanan é o destaque comentado no Blues & Derivados de sábado. (foto: reprodução)

Blues & Derivados com Clayton Sales deste sábado (26/09) homenageia o saudoso guitarrista Roy Buchanan falecido em 1988. Esta e muitas outras atrações você pode ouvir a partir das 17h na Educativa 104.7 FM.

Leroy “Roy” Buchanan nasceu em 23 de setembro de 1939 em Ozark, no Arkansas. Criado na Califórnia, Roy Buchanan era filho de um fazendeiro que ainda era pastor, o que levou o jovem a conhecer o Gospel e a música negra. Na década de 1950 o jovem Roy Buchanan aprofundou os estudos na guitarra até fazer sua estreia em gravações em 1958 ao gravar o solo de “My Babe” no disco de Dale Hawkins para a Chess Records.

Anos mais tarde as experiências como guitarrista parceiro de músicos como Freddy Cannon, Merle Kilgore, Dale Hawkins e seu primo Ronnie Hawkins fortaleceram o talento do jovem Roy Buchanan que em 1961 lançou seu primeiro single com “Mule train stomp”. Seu estilo de tocar sua guitarra Fender Telecaster com um amplificador Fender Vibrolux a todo volume e suas famosas técnicas de pegada como a “chicken picking” marcaram sua carreira ao longo dos anos 1960.

Assim como o lendário B.B. King tinha sua “Lucile”, Roy Buchanan tinha “Nancy”, guitarra com a qual se apresentou em inúmeras ocasiões. Roy Buchanan ganhou visibilidade em 1971 com o documentário “Introducing Roy Buchanan” / “Apresentando Roy Buchanan”, muitas vezes confundido com a alcunha dada pelos fãs como “O maior guitarrista desconhecido do mundo” em tradução livre. Depois da fama com o documentário veio o contrato com a Polydor e uma série de gravações e apresentações.

Nos anos 1980 veio o contrato com a gravadora Alligator onde lançou os discos “When a Guitar Plays the Blues” (1985), “Dancing on the Edge” (1986) e o último “Hot Wires” (1987), Seu último show foi em 1988 em um concerto em Guilford, Connecticut. Roy Buchanan deu então uma breve pausa na carreira e antes da sua aparente volta, depois de uma briga familiar, foi preso em Reston, Virginia. Roy Buchanan foi encontrado morto numa cela da delegacia para onde foi levado, enforcado na própria camiseta, no dia 14 de Agosto de 1988. Seu legado e extensa discografia permanecem até hoje entre os maiores guitarristas da história.

Fica aqui uma palhinha do que esperar no programa de amanhã com Roy Buchanan executando a clássica “Hey Joe” ao vivo em Austin, Texas:

 

 

Sintonize – Com apresentação de Clayton Sales, o programa “Blues e Derivados” vai ao ar aos sábados, das 17h às 20h, na FM 104,7. O programa também pode ser acompanhado ao vivo pelo Portal da Educativa (na aba “Ouça a Rádio”).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *