Amigos raspam a cabeça para ajudar garotinha que enfrenta doença rara

Compartilhe:

Pequenos gestos podem causar grandes mudanças, principalmente em pequenas pessoas. E foi esse o pensamento que influenciou um grupo de 7 amigos no último domingo (1º) a tornar a confiança de uma garotinha de 4 anos mais forte e mostrar que a beleza existe não só por fora, mas também por dentro.

Em 2019, o bar El Patron, preferido do grupo de amigos formado por Lucas Camargo, Matheus Lacerda, Bruno Verneque, Vinicius Ueti, Kaíque Leiria, Giovane Lima e Alyson Barbosa começou a ter um novo dono. Nilson, e sua esposa Leticia Floreste, acabaram entrando para a roda de amigos. Com eles veio também a pequena Heloísa, apelidada de “princesa Helô”, filha do casal.

“A ideia surgiu quando, na semana passada, domingo, nós estávamos no bar do Nilson, pai da Helô, e percebemos que o cabelo dela tinha caído de novo. Então o Lucas deu a ideia de todos nos rasparmos o cabelo pelas mãos dela. Conversamos com o Nilson, ele apoiou na hora e disse que ela ia gostar. Procurei o barbeiro Willian Rosa, amigo meu da barbearia Trinca Barbershop, para emprestar a máquina pra gente raspar, mas além de topar ele se disponibilizou a ajudar, terminando o corte e cedendo o espaço da barbearia pra gente”, conta um dos amigos Kaíque Leiria.

Helô possui uma doença autoimune chamada Alopecia, que acomete de 1% a 2% da população e pode surgir em qualquer idade. A condição é caracterizada por perda de cabelo ou de pelos em áreas arredondadas ou ovais do couro cabeludo ou em outras partes do corpo (cílios, sobrancelhas, barba, por exemplo).

“O Nilson, pai dela, contou pra mim que ela tinha ficado super feliz quando ele raspou a cabeça também. Então conversei com o tio dela, o Leó, e propus que raspássemos a cabeça para que a garotinha ficasse mais confortável”. O Nilson, pai dela e meu amigo, se emocionava toda vez que via a gente careca. Com certeza a gente marcou a vida dela e ela marcou a nossa. Foi um dia inesquecível! Estamos muito felizes”, conta Lucas Camargo, que organizou a ação.

“A nossa proposta foi mostrar que ela era linda de qualquer jeito e que ela não precisava ficar envergonhada por ter caído o cabelo dela. O mais importante foi, além de ver ela super feliz depois do que aconteceu e brincando um monte com a gente, coisa que nunca tinha acontecido, foi ver os pais dela felizes também. Parecia que era o dia mais feliz deles, de tanto que eles choravam”, relembra Lucas.

Resultado de imagem para Amigos raspam a cabeça para ajudar garotinha que enfrenta doença rara"              Resultado de imagem para Amigos raspam a cabeça para ajudar garotinha que enfrenta doença rara"

 

Fonte: Carlos Yukio / Midiamax


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *